Amor, há sobremesa? – Tenho ai uns cubos de chocolate… – e a nossa sobremesa para dois

Ui que difícil está a ser esta semana! Mas com tantas voltas, jantares e banquetes, lá consegui a custo o fim de semana livre. O HC e o  Nicklas trabalham num banquete para 130 no domingo dia dos namorados.

DSC_0636

Eu nem posso acredita que fui poupada, mas o facto de andar a fazer a prep toda, enquanto sirvo o la acarte, os maçons e jantares de grupo deve ter ajudado. O viking aparecer para me dar um beijinho e me ver acordada também não fez mal.

DSC_0639

Esta é a sobremesa que vos deixo como sugestão para o vosso dia dos namorados.

Tenho admito sem vergonha, uma paixão por  toblerone, e quando vi a receita de um cheesecake com este chocolate no canal Sorted, encomendei logo as minhas formas pirâmide.

DSC_0645

Se querem um cheesecake mais tradicional, aconselho-vos a seguir a receita do canal que podem encontrar aqui. A minha sugestão foi substancialmente alterada.

DSC_0642

Caso ano tenham estas formas, ou outras de silicone, podem usar uma forma de aro amovível, mas comecem por colocar o nougat no fundo, depois o creme e depois o chocolate.

DSC_0648

A minha receita serve 2 a 4 dependendo do tamanho das formas, para uma forma grande façam 3 vezes a receita.

Como sempre tudo é mais fácil e rápido do que vos possa parecer.

Mega toblerones com nougat e mel

–  um feliz dia dos namorados todos os dias do ano –

Ingredientes:

150 g de chocolate toblerone

1,5 dl de natas

1 dl de queijo creme

1 colher de sopa de mel

 

Nougat:

75 g de açúcar

150 g de amêndoas

 

Preparação:

Derretam o chocolate em banho-Maria ou no micro-ondas em ciclos de 20 segundos para não queimar.

Cubram as forminhas com o chocolate, guardem o excesso.

Coloquem as forminhas no congelador.

Batam o restante chocolate com as natas até obterem um creme, acrescentem o queijo fresco e o mel.

Encham as forminhas com o creme e levem de novo ao congelador.

Para o nougat:

Coloquem as amêndoas num tabuleiro forrado com papel vegetal ou um tapete de silicone.

Façam um caramelo misturando o açúcar com um pouco de água levem ao lume, sem lhe tocarem até começar a ganhar cor, agitem um pouco e sem tirar os olhos do tachinho, deixem o caramelo escurecer até um tom âmbar. Deitem o caramelo sobre as amêndoas, deixem arrefecer.

Partam o caramelo com as amêndoas em pedaços e coloquem num processador até tudo estar desfeito.

Cubram as formas com esta mistura e guardem no frigorifico até servir.

Acompanhem com cerejas ou frutos vermelhos.

Fusão sem confusão, e um risoto para dois

Admito que nao sou admiradora da chamada cozinha de fusão. Um risoto é um risoto, sushi é sushi.

Antes desta receita sem alguém me dissesse que podíamos terminar um delicioso risoto com um pouco de creme fraiche em vez de manteiga, teria tido a mesma reação de quando vi o meu antigo HC a  usar natas para o mesmo efeito: Blasfémia!

DSC_0659

Imagino que em vossas casas estão também a pensar, que eu endoideci e que para a semana há aqui no blogue uma receita de pizza de ovos moles, mas acreditem em mim, este risoto é fantástico e um pouco mais leve do que o tradicional. Subiu já para o top das refeições favoritas do viking, e se experimentarem será certamente uma das vossas também.

DSC_0654

Foi o nosso prato principal para o dia de S Valentim antecipado no domingo passado, e o viking perguntou se eu podia voltar a fazer esta receita caso estivesse livre dia 14.

Eu uso salmão fumado a quente, o sabor e textura deste tipo de cura é muito diferente do salmão fumado a frio, e se conseguirem encontrar o primeiro, aconselho-vos vivamente a que experimentem.

Decorei o prato com “caviar vegetariano”, mas outra excelente alternativa é caviar de salmão.

 

 

Risoto de salmão com creme fraiche

 

Ingredientes (duas pessoas)

1 cebolinha picada

1 ramo de endro

1 colher de sopa de óleo

1,5 dl de arroz para risoto (usamos carnaroli)

0,5 dl de vermute seco

caldo de legumes, ou marisco qb

sal e pimenta

2 colheres de sopa de queijo parmesão

2 colheres de sopa de creme fraiche

salmão fumado a quente

caviar vegetariano

 

Preparação:

Fritem levemente a cebolo no óleo sem deixar ganhar cor.

Juntem o arroz, fritem e acrescentem o vermute. Deixem o álcool evaporar.

Aos poucos vão juntando o caldo quente, mexendo de vez em quando. Temperem com sal e pimenta.

Quando o risoto estiver cozido ao vosso gosto, retirem do lume e acrescentem o queijo ralado e o creme fraiche.

Sirvam imediatamente decorado com salmão, endro e caviar.

Estarei livre? E a entrada para o jantar de dia dos namorados: Råraka com todos

Estava este ano planeado que não trabalharia no próximo fim-de-semana, o que sendo ou não dia dos namorados, é um motivo de festejos cá em casa.

Isto foi antes das notícias de que teremos banquetes sexta, sábado e domingo. O HC claro, disse-me com olhinhos tristes, “eu não posso mesmo vir”, nem  esperávamos outra coisa, ficamos nós, os de sempre a tomar conta destes eventos.

DSC_0634

O viking está um bocadinho aborrecido, mas para o animar fiz ontem um menu especial, que vou partilhar convosco durante a semana, o nosso menu para um jantar romântico.

A entrada é um prato tradicional sueco, que viram se nos seguem no instagram há umas semanas. Råraka com creme fraiche, endro, caviar e cebolas. É uma versao sueca da entrada russa feita com blinis, é mais rápida e muito mais simples de preparar. No fim do post há uma lista de receitas simples e rápidas que ao fazer um brilharete nos vossos jantares.

DSC_0632

Tradicionalmete usa-se um caviar a que se chama löjrom, é o que servimos no hotel, eu admito que nao sou grande apreciadora de caviar e em casa uso, “caviar vegetariano”, nao tem o mesmo sabor, mas adoro as bolinhas salgadas e fresquinhas. Penso que podem encontrar caviar sueco nas lojas ikea.

DSC_0630

Råraka com caviar, creme fraiche e endro

Ingredientes: (duas pessoas)

  • 1 batata grande ralada e bem espremida temperada com sal e pimenta
  • manteiga para fritar
  • creme fraiche
  • caviar
  • endro

cebolas vermelhas muito finamente picadas.

Preparação:

Aqueçam a manteiga e fritem pequenas panquecas feitas apenas com a batata ralada. Mantenham a temperatura média para evitar queimar a manteiga.

Sirvam com o caviar, endro, cebolas e creme fraiche. Tao simples!

Comer cebolas cruas num jantar romantico nao será boa ideia, mas li que se os dois comerem os mesmos ingredientes, não sentirão o cheiro a cebolas da vossa cara metade.

DSC_0635

Entradas:

Torta de ervilhas e salmão fumado

Waffles com salmão fumado

Vieiras com puré de girassol batateiro

Chevre chaud

Pratos Principais:

Sopa de peixe do Kramer

Salmão do nosso casamento

Risotto de beterrabas

Lombos com pommes Anna e puré de Brócolos

Tagliata de bife com salada e parmesao do Heston

Polenta cremosa com óleo de endro e queijo parmesao

Risotto de cevada e cogumelos