Chips de Maçã

 Tinha lido uma receita semelhante a esta no Tasteline e com algumas alterações decidi experimentar. O resultado foi excelente, estes chips de maçã são um snack doce, saudável, fácil de preparar e deixam a nossa casa com um cheirinho a Natal.

Quanto mais finas cortarem as maças menos tempo demoram no forno. Podem fazer grandes quantidades e oferecer como presentes caseiros, vão ser um sucesso!

Ingredientes e preparação: (Para um tabuleiro de forno, um prato de chips)

  •  Liguem o forno (100*C)
  • Forrem um tabuleiro com papel vegetal.
  • Cortem em fatias tão finas quanto possível 3 maçãs grandes (podem  misturar diferentes qualidades) e coloquem-nas no tabuleiro.
  • Misturem:
  • 

1 colher de sobremesa de canela em pó
1 pitada de gengibre em pó
1 pitada de cardamomo ou de cravinho moído
 
(Se as vossas maçãs forem mesmo muito ácidas podem acrescentar também um pouco de icing sugar)
 
  • Polvilhem generosamente as maçãs com este preparado e levem-nas ao forno.
  •  Passada uma hora virem as maçãs de modo a que ambos os lados vão secando e ganhando cor. Quando notarem que as maçãs estão a ficar duras, desliguem o forno, mas deixem as maçãs lá dentro para secarem bem e ficarem estaladiças.

Lussekatter- receita passo-a-passo

Lussekatter-  receita passo-a-passo – Faltam-me os adjectivos para descrever o sabor e aroma destes pãezinhos Os melhores Lussekatter que já comi. A massa é leve, salpicada de açafrão, são magníficos!

 

Para saber mais sobre o dia de Lucia na Suécia leiam este post.

Antes de começar a receita descubram mais sobre a origem, significado e diferentes formas destes pãezinhos neste post.

Retirei a receita do livro Rutiga kokboken, com algumas alterações feitas por mim.

Algumas dicas:

  •  se puderem usem açafrão de boa qualidade, tem um aroma e sabor inigualáveis
  •   não cortem na quantidade de manteiga, ajuda a obter Lussekatter fofos e macios
  •   se não vão comer os Lussekatter no dia em que os preparam congelem-nos, de outra forma pedem um pouco a sua graça.

 

Ingredientes – para a quantidade de pãezinhos que podem ver nas fotografias

  •  90 gramas de manteiga
  •  2,5 dl de leite
  • 25 gramas de fermento de padeiro fresco
  • 1 pitada de sal
  • 100 gramas de açúcar
  • 450 gramas de farinha
  • 0,5 grama de açafrão
  • 1 ovo (metade para a massa e metade para pincelar os Lussekatter)
  • sultanas para decorar

 

Preparação:

Podem preparar esta massa à mão, ou como eu, com a batedeira com a pá – gancho.

 Derretam a manteiga no micro ondas com o leite, deixem a mistura amornar e juntei-lhe o fermento. Mexam até dissolver.

 Adicionem o açúcar, sal, ovo e açafrão.

 Aos poucos vão introduzindo a farinha, amassando até terem uma massa que se descola das mãos ou paredes da vossa tigela. (Podem precisar de um pouco menos do que o peso indicado, o objectivo é uma massa elástica mas não seca.)

Deixem levedar a massa até duplicar de volume.

 

Polvilhem a vossa bancada com um pouco de farinha e voltem a amassar. 

Estiquem a massa em rolinhos e com eles façam Lussekatter ao vosso gosto. (vejam os diferentes formatos aqui).

O meu viking também veio preparar Lussekatter

Coloquem  os Lussekatter num tabuleiro forrado com papel vegetal, decorem com sultanas e pincelem levemente com ovo batido,  deixem descansar por mais meia hora.

 

Cozam em forno quente (225*C), durante 5 a 1o minutos dependendo do tamanho dos pãezinhos.

Os meus favoritos:

Bock - a cabra

Prästens hår - Cabelo de padre