Bolo bêbado de peras

Um dos bolos mais fáceis e deliciosos que conheço. A receita original é de Mark Bittman, e é feita com maçãs.   Eu usei peras e adaptei um pouco a receita, usando menos açúcar e mais fruta. É um bolo só para adultos, aromático e húmido, perfeito depois de uma refeição a acompanhar o café.  Se não gostam ou não podem consumir bebidas alcoólicas podem substituir o uísque por igual quantidade de sumo de laranja. Cozi o bolo numa tigela de ir ao forno e foi assim que o servi, mas este bolo depois de ensopado e frio pode ser desenformado sem problemas. Um fatia deste bolo ainda morno com um pouco de gelado de baunilha é um  pedaço de paraíso.
Com esta receita participo no tackling Bittman  de Fevereiro, vejam as receitas dos participantes deste mês  aqui.
 

 

Ingredientes: (serve 6 pessoas)

  • 200 gramas de peras limpas e descascadas partidas em cubinhos
  • 200 gramas de farinha
  • 2 ovos
  •  80 gramas de manteiga
  • 120 gramas de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento

Para a calda

  • 0,5 dl de uísque ( um pouco mais se gostarem do sabor)
  • 25 gramas de manteiga
  • 80 gramas de açúcar

 

Preparação:

Coloquem as peras  e o açúcar no processador de alimentos e batam bem. Juntem os ovos um a um e a manteiga fria cortada em cubos. A massa vai parecer talhada, não se preocupem.

Misturem a farinha e o fermento em pó sem bater. (Eu desligo o processador, retiro a lâmina e misturo a farinha na tigela do processador, mas usando uma colher de pau.)

Se não têm processador de alimentos, usem a varinha mágica para desfazer a pêra e podem bater o resto do bolo à mão.

Deitem o preparado numa tigela de ir ao forno, e cozam a 175ºC por aproximadamente 40 minutos.

Retirem o bolo do forno. Num tacho derretam a manteiga juntamente com o uísque e o açúcar. Deitem a mistura sobre o bolo e deixem ensopar bem antes de servir.

Bolachas com farinha integral….. e queijo

Para mais umas minhas muitas tentativas de fazer pão com sourdough, comprei há algum tempo um pacote de farinha integral. Como não gosto do sabor nem sequer do cheiro de farinha integral, é-me difícil usá-la mais frequentemente. No outro dia vi uma receita de umas bolachinhas lindas, feitas com farinha integral, no blog da girlichef. A receita original é de Mark Bittman, e inspirou-me a dar à farinha integral uma segunda oportunidade. É claro que na minha versão qualquer tentativa de criar uma receita mais leve  e saudável se perdeu, porque eu não podia sequer imaginar uma cracker sem cheese!
Usei um queijo sueco que se chama Präst, mas queijo da Ilha (queijo dos Açores), ou qualquer queijo duro e seco como o  parmesão, são também excelentes opções.
Como a girlichef tem sido uma excelente anfitriã,  aproveito esta receita, que vi pela primeira vez no blog dela, para participar  no grupo Tackling Bittman deste mês.
 
 
 

 

 

 

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de queijo ralado
  • 1 pitada de sal (depende um pouco do tipo de queijo que estão a utilizar)
  • 1 colher de chá de orégãos secos
  • 75 gramas de farinha de trigo
  • 75 gramas de farinha integral (a minha é com uma mistura de vários cereais)

Preparação:

Eu uso o meu processador de alimentos, mas podem também preparar a massa à mão em poucos minutos.

Comecem por aquecer o forno a 200ºC.

Misturem no processador todos os ingredientes, aos poucos vai juntado água até obterem uma massa elástica e não muito seca.

Para esticar a massa usei um rolo especial para fazer pão tradicional sueco.

Polvilhem a vossa bancada com um pouco de farinha, ou como eu faço, estendam a massa com um rolo directamente numa folha de papel vegetal. Quanto mais fina estiver a massa, mas estaladiças  vão ficar as vossas bolachas.

Cortem as bolachas com o tamanho e forma que desejarem, não precisam de as separar umas das outras antes de as colocar no forno, piquem-nas com um garfo e assem-nas durante 10 minutos ou até estarem douradinhas e estaladiças.