Bolo de Peras com knäck de noz-moscada

 Fiz há uns tempos uma compota de peras com noz-moscada da qual gostámos tanto que decidi voltar a experimentar esta combinação num bolo. Para a cobertura fiz knäck, uma espécie de caramelo sueco de que já vos falei em Dezembro. O resultado ë um bolo realmente delicioso, enriquecido com várias camadas de sabores e texturas diferentes, a terminar com o prazer de um quase caramelo da vaquinha.
 

Ingredientes:

Para o bolo:

  • 150 gramas de manteiga
  • 150 gramas de açúcar
  • 4 ovos
  • 225 gramas de farinha
  • 1 dl de leite
  • 1 colher chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 pitada de sal
  • 3 peras descascadas e partidas em cubinhos

Para o knäck:

  • 1 dl de xarope dourado
  • 1 dl de natas
  • 90 gramas de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de noz-moscada

Preparação:

Bolo:

Aqueçam o forno a 175ºC.

Batam a manteiga com o açúcar até obterem um creme leve e fofo, incorporem os ovos um a um batendo sempre. Misturem a farinha misturada com o fermento, o sal e a canela, alternando com o leite. Deitem o preparado numa forma de bolo inglês (se estão a usar uma forma anti-aderente não é necessário que a barrem), cubram com as peras e levem ao forno durante 45 minutos a 1 hora, dependendo do tamanho da forma.

Quando estiver cozido, deixem o bolo arrefecer um pouco antes de o desenformar, cubram com o knäck e sirvam frio, simples ou com gelado de baunilha.

Para o knäck:

Se nunca fizeram knäck e não estão habituados a trabalhar com açúcar em ponto, leiam este post.

Coloquem todos os ingredientes num tachinho e levem ao lume até atingir ponto de rebuçado mole. Não deixem ferver mais do que 10 minutos, ou vão acabar com um caramelo duro, e embora este seja delicioso como candy, é mais difícil de servir a cobrir um bolo.

Daring Bakers – Abril 2011 – Mousse de xarope de ácer e recipientes comestíveis

 O desafio deste mês foi-nos trazido pela  Evelyne do blogue  Cheap Ethnic Eatz que nos trouxe um dos mais tradicionais produtos do Canadá, xarope de ácer. O nosso desafio foi fazer uma mousse, seguindo a receita da Evelyne, (adaptada de Jaime Oliver is not my boyfriend)   e em conjunto com o desafio dos Daring Cooks que a Renata propôs este mês, criar um recipiente comestível.

 
 
Estes recipientes podiam ser feitos com quaisquer ingredientes, bacon, chocolate, bolo, pão, fruta, legumes… Vejam as criações de todos os Daring Bakers e a receita completa em inglês aqui. Há prémios para os melhores recipientes, e todos podemos votar nos nossos favoritos até 27 de Maio na página – http://thedaringkitchen.com
Eu participei com recipientes feitos de tuiles de framboesa. Como sabem tuiles são uma espécie de bolachas muitíssimo finas que depois de retiradas do forno podem ser moldadas nas formas que desejamos. Inspirei-me em algumas fotografias de flores de ácer vermelho e  com os meus tuiles fiz pequenas flores que enchi com a mousse de ácer. É uma sobremesa diferente, linda e chic a valer!

As receitas:

Tuiles de framboesa

Ingredientes:

2 dl de puré de framboesas (sem sementes)

2 colheres de sopa cheias de icing sugar

Preparação:

Num processador de alimentos, ou usando a varinha mágica, batam o puré de framboesas com o icing sugar. Deitem o preparado num tabuleiro forrado com um tapete de silicone, alisem o puré espalhando-o bem e levem ao formo aquecido a 85ºC durante aproximadamente 90 minutos. O tempo de cozedura depende da espessura da vossa placa de framboesa, e portanto aconselho-vos a irem levantando uma pontinha do puré  testando a sua consistência, Quando estiver pronto descola-se facilmente do tapete e pode ser cortado e moldado como desejarem. Trabalhem rapidamente, depois de frios os tuiles ficam secos e duros.

Mousse de ácer

Ingredientes:
• 240 ml de xarope de ácer
• 4 gemas
• 3 folhas de gelatina
• 360 ml de natas (35 % de gordura)

Preparação:

Aqueçam o xarope até levantar fervura, retirem do fogão. Numa tigela batam as gemas e aos poucos vão adicionando o xarope de ácer. Aqueçam 60 ml de natas e dissolvam neste líquido as folhas de gelatina previamente amolecidas em água fria, juntem batendo bem, ao preparado de xarope e gemas. Reservem no frigorífico até estar quase frio. Batam as restantes nadas em chantilly e adicionem-nas ao creme. Dividam a mousse por tigelinhas individuais ou usem recipientes comestíveis. Guardem no frigorífico até servir.