Tarte de bacon e cogumelos

Costumo servir esta tarte como refeição leve, quente ou fria. Podem variar a quantidade de bacon e cogumelos consoante o vosso gosto, como acompanho a tarte apenas de salada sou um pouco mais generosa. Uso sour cream na minha receita, é mais leve e tem menos gordura do que as natas, mas podem facilmente substituir este ingrediente por leite, creme fraiche ou natas. A esta tarte chama o meu sobrinho Jesper – tarte pizza.

Ingredientes:

1 receita de base para tartes salgadas (ou outra receita)

Para o recheio:

3 ovos

3 decilitros de sour cream ou creme fraiche ou natas ou leite

250 gramas de bacon em tirinhas

250 gramas de cogumelos frescos limpos e laminados

Sal e pimenta a gosto     

½ colher de chá de folhas de tomilho seco.

 Preparação:

Preparem a base da tarte, sem a cozer!

Numa frigideira fritem bem o bacon na sua própria gordura. Retirem o bacon para um prato e deitem fora a gordura. Sem a lavar coloquem na frigideira os cogumelos, poucos de cada vez para perderem um pouco da sua água e ficarem menos esponjosos. Temperem com sal e pimenta, mas com cuidado, o  bacon já costuma ser bastante salgado.

Numa tigela batam os ovos o sour cream e o tomilho, juntem o bacon e os cogumelos.  Rectifiquem os temperos.

Deitem o preparado sobre a base de tarte e levem ao forno, seguindo as instruções da receita da base de tarte.

Piquenique

 

Para aproveitar o sol  e o bom tempo, enquanto duram, o viking e eu temos vindo para o jardim do condomínio fazer uns grelhados.

Vejo que para os vizinhos que aqui também estão, que organizar um barbecue é simples e rápido, mas não para nós, como podem ver pelo material que carregámos escadas abaixo.

 – comida – tomates secos em azeite, salada de batatas, salada mista, salsichas e bifanas.

– garrafinha de Mateus rosé

– gelo

-copos

-talheres e pratos

-almofadas e livros

Aqui está o meu viking agarrado às suas salsichas e bifanas.

 

 

A diferença está nos pratos:

Prato do Viking – Primeira dose

O meu prato

Bolo de banana e caramelo

Esta receita faz um bolo pouco doce e excelente para lanches ou acompanhado de uma bola de gelado.

  • ingredientes

 Para o caramelo:
20 g de manteiga ou margarina
100 g de açúcar
0,5 dl de leite (ou natas)

2 bananas maduras
 
Para o bolo:
2 bananas maduras
100 gramas de açúcar
75 gramas de manteiga ou margarina
3 ovos
200 gramas de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
 

  • preparação

Liguem o forno  –  180 °C.

Barrem uma forma com manteiga ou margarina.  (Se estão a usar uma forma anti-aderente, não precisam de a untar)

Começamos com o caramelo

Vamos trabalhar com açúcar a ferver, por isso tomem os cuidados habituais: Crianças e animais fora da cozinha, uma tigela de água gelada sempre à mão, caso haja acidentes.

Coloquem o açúcar   e a manteiga num tachinho. Deixem o açúcar derreter sem o mexerem muito, Tomem atenção à cor e aroma do açúcar, quando este começar a ter um fumo e o cheiro ligeiro a queimado aparecer, retirem imediatamente do lume!

Aqui têm de ter muita atenção, se o açúcar não chegar a este ponto não vai ter o sabor intenso a caramelo, se o deixarem passar do ponto, vai queimar e precisam de começar de novo. 

Fora do fogão acrescentem o leite a pouco e  pouco, vai borbulhar um pouco, não se assustem!  Coloquem de novo ao lume  e vão mexendo até terem um creme mais grosso e homogéneo.
Deitem o caramelo na forma previamente barrada e por cima coloquem as 2( ou mais de acordo com o tamanho da forma) bananas descascadas e cortadas. Cuidado com os dedos no caramelo!

O bolo

Deitem o açúcar e a manteiga cortada em pedaços na batedeira e batam até obter um creme. Juntem  as restantes bananas,  e os ovos um de cada vez sem parar de bater, até o creme estar liso e homogéneo. Envolvam, sem bater a farinha e o fermento.

Deitem a massa na forma  e levem ao forno durante cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozido. (Vai depender um pouco da forma e do tamanho das vossas bananas, por isso vão fazendo o teste do palito.)

Desenformem com cuidado enquanto o bolo ainda estiver quente.

Muffins de milho com especiarias

Estes muffins são o ideal para um lanche ou piquenique, leves, deliciosos e doces, com um travo final a paprika. Podem ser servidos simples, ou se usarem umas forminhas maiores, com manteiga, queijo ou carnes frias.

Ingredientes: (se não estão habituados a estes pesos e medidas, vejam por favor este post.)

  • 1  1/2 chávena de farinha de trigo
  • 1/2 chávena de farinha de milho
  • 1/4  chávena de mel
  • 2  colheres de chá de fermento em pó
  • 1  chávena de milho cozido ( uma latinha das pequenas)
  • 1/2 colher de chá da sal
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • ½ colher de chá de paprika em pó
  • 1 chávena de leite
  • 1/4 chávena de óleo alimentar
  • 2 ovos
  • Mel para guarnecer

.

Preparação:

Aqueçam o forno (180*C)

Coloquem num copo misturador, ou processador de alimentos, todos os ingredientes excepto as farinhas, o fermento e o milho. Batam bem. Incorporem os ingredientes secos e o milho cozido sem bater muito. Deitem a mistura em forminhas para muffins previamente untadas e polvilhadas com farinha ou açúcar.

Cozam durante 20 a 25 minutos, Antes de servir reguem com um pouco de mel.

Açúcar com menta

Uma mini receita que vale a pena ter sempre à mão. Podem usar este açúcar nas vossas bebidas, com fruta, para fazer bolos ou gelado de menta.

Num processador de alimentos (1,2,3) misturem 300 gramas de açúcar com 80 gramas de folhas frescas de menta, limpas, lavadas e secas. Antes de guardar deixem secar bem. Conserva-se fresco e perfumado durante meses.