A Pastelaria · bolos e sobremesas · Cremes, molhos, gelados e mousses

Bolos para dias especiais – Bolo Ópera

Para o aniversário da minha sogra, e antes de começarem as receitas e tradições da nossa Páscoa na Suécia, quis preparar um bolo que ela nunca tivesse provado e com um sabor de que ela gostasse. Escolhi um clássico e riquíssimo francês o Gâteau Opéra . Creme de manteiga e ganache de chocolate amargo entre camadas de bolo de amêndoa ensopado em xarope de café, para a minha sogra, viciada em café, esta foi a escolha ideal.
 
 
A receita tem vários componentes mas nada é complicado, notem no entanto que vai demorar algum tempo. Eu fiz o bolo e o creme de manteiga na véspera. Usei a receita do Masterchef Australia – sessão 2. Podem ver a receita  aqui. Para o bolo, creme e ganache segui a receita original. Em vez de xarope de café, usei uma mistura de café forte e kahlua, o bolo e os cremes já são doces o suficiente e um pouco de café amargo ajuda a equilibrar os sabores.
 
 
 
Geralmente a base do bolo é feita com uma massa a que se chama joconde. Em vez de se cozer numa forma a massa é espalhada num tabuleiro e cortada à medida do bolo depois de cozida. Há alguns meses fiz este bolo num dos mais difíceis desafios dos Daring Bakers, que podem ver aqui.
Como ia transportar o bolo para casa da minha sogra, optei por cozer o bolo numa forma redonda com 26cm de diâmetro. Cozi 5 bolos fininhos, não se assustem, cada bolo demora uns 15 minutos no forno. Se não querem ter tanto trabalho, escolham uma receita de bolo de amêndoa que possam cortar em várias camadas. Antes da receita deixo-vos um pedido de desculpa pela qualidade das fotografias, que foram tiradas um pouco à pressa  durante a festa.
 

As receitas:

Para este bolo vão precisar de:

 – Joconde de amêndoa  ou outro bolo

– Creme de manteiga de café

– Ganache de chocolate amargo

– Molho ou xarope de café.

Molho de café

Misturem:

  • 2,5 dl de café forte
  • Kahlua ou outro licor de café

A Joconde: (fiz duas vezes esta receita para  um bolo que serve 15 pessoas, pelo menos, usando uma forma redonda de fundo amovível com 26 cm de diâmetro)

Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 4 claras
  • 150 gramas de icing sugar
  • 150 gramas amêndoas muito finamente torturadas
  • 60 gramas de farinha
  • 45 gramas de manteiga derretida
  • 40 gramas de açúcar

Preparação:

Aqueçam o forno a 200ºC.

Forrem dois tabuleiros com papel vegetal ou o fundo de uma forma.

Peneirem a farinha, a amêndoa e o icing sugar. Batam as claras em castelo e aos poucos adicionem o açúcar, reservem. Batam os ovos até estes duplicarem de volume, envolvam os ingredientes secos, a manteiga derretida e finalmente as claras em castelo. Dividam as massa pelos dois tabuleiros ou coloquem na forma a quantidade suficiente para cobrir apenas o fundo. Levem a cozer por aproximadamente 10 a 15 minutos. Se optaram por cozer a massa nos tabuleiros, cortem a massa ao tamanho e número de camadas que querem para o vosso bolo. Se cozeram a massa na forma, desenformem cuidadosamente o bolo e repitam a operação até  que a massa termine.

O creme de manteiga

 Eu fiz a quantidade indicada na receita, e mesmo com um bolo bastante grande sobrou creme que já congelei. Se estão a usar apenas uma receita de bolo, metade da receita deste creme é suficiente.

Ingredientes:

  • 4 gemas
  • 300 gramas de açúcar
  • 500 gramas de manteiga
  • Café forte e kahlua a gosto.

Preparação:

Levem o açúcar com um pouco de água ao lume num tachinho. Batam as gemas até duplicarem de volume. Quando o açúcar atingir 121ºC ou ponto de bola mole (deixem ferver por mais ou menos 3 minutos), misturem-no nas gemas sem nunca parar de bater.

Continuem a bater a mistura até esta estar fria, ou quase fria, e nessa altura acrescentem-lhe a manteiga em cubinhos e à temperatura ambiente. Aromatizem a gosto com o café e kahlua e reservem no frigorífico.

Ganache  (se sobrar ganache podem fazer trufas, que chatice não é? 😉 )

  • 400 gramas de chocolate amargo de boa qualidade
  • 3 dl de natas.

Preparação:

Aqueçam as natas até estas levantarem fervura, juntem o chocolate picado, misturem até estar bem dissolvido e reservem no frigorífico até  endurecer.

Montagem:

Podem montar o bolo directamente no prato de serviço,  ou se o vão transportar, fazer como eu e montar todas as camadas dentro de uma forma forrada com papel vegetal.

Comecem com uma camada de bolo, pincelada com a mistura de café e kahlua, vão alternando camadas de creme de manteiga, bolo+café, ganache, bolo+café, creme de manteiga… Notem que a última camada deve ser de ganache. Guardem no frigorífico até servir.

16 thoughts on “Bolos para dias especiais – Bolo Ópera

  1. Olá Ana, sendo eu uma apreciadora de café, por certo que iria ficar maravilhada ao provar esta bolo,
    só as cores já me encantam, ai se provasse uma fatia……..
    Desejo-te uma doce Páscoa, até breve,
    um beijinho.

    Gostar

    1. Maria,
      Está a usar o tabuleiro ou forma? Silicone ou metal? Tem barrado ou forrado a forma com papel vegetal? Algumas formas precisam de ser forradas ou a massa pega.
      Diga-me se a puder ajudar ok?
      Não desista, o esforço vai valer a pena.

      bjs

      Gostar

  2. Olá Ana,

    Parabéns pelo bolo, parece fantástico! Vi-o também no MC e fiquei cheia de vontade de tentar e com as suas dicas será muito melhor :). Vou tentar fazer neste fds para surpreender os meus amigos que só me pedem gelatina nas festas…lol

    Não tenho kahlua em casa, posso usar qualquer outro licor de café? Ou o que sugere?

    Obrigada,

    Isabel

    Gostar

    1. Isabel,
      Como o Bolo Opera ë um bolo de café. eu acrescentei este licor, para intensificar o sabor, mas só com café tb fica excelente.
      Não sei se leu o comentário acima, mas uma leitora teve problemas a desenformar os bolos. Se é novata na cozinha, muito cuidado com a temperatura do forno e barre e polvilhe mt bem a forma. Se tem receio de fazer pela primeira vez esta receita, e logo para os amigos, que +e qd tudo me corre mal 😉 , pode usar um bolo que saiba corre sempre bem, e fazer apenas o creme de manteiga e o ganache.
      Muito sucesso!

      bjs

      Gostar

      1. Olá Ana!

        Com as suas dicas, o bolo ficou muito bom. Forrei os tabuleiros com papel vegetal e, por segurança, barrei-o com margarina e ainda polvilhei com farinha e não pegou nada!

        Apesar de ter conseguido talhar o creme de manteiga (estava óptimo, de repente.. talhou) e o ganache :P, os meus amigos ficaram surpreendidos, para 1ª vez até correu bem.

        Obrigada!

        bjs

        Gostar

      2. Que bom!
        O creme de manteiga talha por causa da diferença de temperatura. Para a próxima, pedacinhos mais pequenos de manteiga de cada vez.
        Muito obrigada por me trazer as novidades, fico muito feliz por poder ter ajudado e por todos terem gostado.

        bjs e até breve!

        Gostar

  3. Querida, Ana. Senti a imensa necessidade de agradecer, daqui do outro lado do Atlântico, pela deliciosa receita de joconde. Nunca confiei muito em massas sem fermento, mas essa… Que massa maravilhosa. Estou aqui comendo minha própria produção!
    Muito obrigada! Abraços do Brasil!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s