A minha vida na Suécia · Heston Blumenthal · livros

Mors dag com um presente especial

No último domingo de Maio festeja-se na Suécia o Dia da Mãe, e embora o viking e eu não tenhamos crianças, não deixamos de celebrar com os nossos meninos este dia. Este  ano tive direito a pequeno-almoço na cama. Escondido por baixo do tabuleiro, vinha o meu presente. Escusado será dizer que as torradas acabaram por ser o pequeno-almoço dos meninos, quando se tem um presente assim, comer passa a ser uma necessidade secundária.

 The Fat Duck Cookbook – Heston Blumenthal

The latest offerings of Jamie, Nigella and Gordon suddenly seem paltry in comparison. This is the one cookbook that no serious foodie can afford to be without – William Skidelsky

 

Não deixem que o título vos engane, esta obra está longe de ser “apenas” mais um livro de receitas.  O livro de receitas do Fat Duck, várias vezes considerado o melhor restaurante do mundo, está dividido em três partes: História, Receitas e Ciência.

It’s not just a cookbook. It’s not just an art book. It’s not just a record of the most innovative and exhilarating self-taught chef to have ever come from the UK. THE BIG FAT DUCK COOKBOOK transcends all others because Heston Blumenthal transcends all others … The cookbook will never be the same again.  –  Terry Durack –  Independent on Sunday

 

O livro começa com a auto-biografia do autor, acompanhando a sua paixão pela comida, o sonho de ter um restaurante, e o surgimento do Fat Duck. As ilustrações dos vários momentos de descoberta, inspiração ou fracasso são uma delícia e foram criadas por Dave McKean.  

Segunda parte: As receitas – Alguns dos mais famosos pratos do Fat Duck

 Sound of the sea

 Bacon-and-egg Ice cream

Black Forest Cake –  uma das minhas receitas favoritas e da qual já preparei alguns elementos.

As receitas são complexas, demoradas, exigem horas infinitas de preparação, ingredientes dos quais nunca ouvi falar, métodos e técnicas novas, tudo explicado  tão detalhadamente que cada receita tem no mínimo 3 páginas. Algumas, como a papa de caracóis, não vão ver a luz do dia por aqui, mas contém elementos que podemos adaptar para enriquecer outras receitas.

Terceira parte: Ciência

Aqui encontramos mais explicações detalhadas sobre os equipamentos, ingredientes e técnicas usadas no Fat Duck.

 O livro termina com uma série de artigos académicos ligados à ciência dos alimentos, focando temas como a percepção do sabor, e a ligação entre comida, o cérebro e o prazer.

13 thoughts on “Mors dag com um presente especial

  1. Querida Ana,
    e ha’ melhor maneira de comecar o dia com um “banquete” servido na cama seguido de um livro bem especial? por mim, o dia nao podia comecar de melhor forma 🙂 obrigada por partilhares um bocadinho do livro connosco, parece-me diferente e muito interessante- vou ficar a’ espera de ver algumas receitas 🙂 beijinhos

    Gostar

  2. Na mesma “onda”, recebi em casa há uns dias o Noma – Time and Place in Nordic Cuisine. Agora babo-me a olhar para as fotografias e a ler receitas que nunca hei de conseguir fazer na vida.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s