Por aí

Finalmente Giger – as nossas férias parte II

Leiam o primeiro capítulo aqui.

 

No fim do primeiro episódio das nossas pequenas férias deixei-vos a caminho de Gruyères na Suíça.

A nossa passagem por esta aldeia é um sonho de anos e não tanto para comermos queijo. É em Gruyeres que se situa o bar e o museu do artista suíço Giger, do qual já vos falei aqui e aquiIMG_2613.

DSC_0180

À chegada a Gruyeres num domingo à tarde apercebemo-nos imediatamente que este é um local de romaria domingueira para os locais, e peregrinação para nerds como nós.IMG_2612

Sem brincadeira, o parque de estacionamento improvisado no sopé da montanha é organizado pela policia local.

DSC_0206

DSC_0188

É um local encantador, e admito com alguma vergonha que se não fosse por Giger, nunca nos lembraríamos de passar por lá. Um aldeia medieval no topo de uma montanha, com casinhas lindas e tradicionais, um dos mais importantes castelos da Suíça vale, mesmo que não gostem de Giger uma visita.

IMG_2634

DSC_0191

O museu Giger situa-se no castelo de Sait Germain  para grande desapontamento nosso, as fotografias são proibidas. Dentro desde pequeno castelo podemos encontrar tanto a obra deste artista como a sua colecção pessoal, aliens e artefactos criados para vários filmes, incluído a cadeira Harkonnen, mobiliário, pintura e escultura.

IMG_2631

 

Do outro lado da rua o bar Giger, com mobiliário e decoração criadas pelo artista, onde nos podemos sentar nas cadeiras que tanto admiramos e beber “alien blood”, ou comer merengues com Chantilly.

IMG_2619

 

IMG_2625

 

O ambiente, paredes e tecto fazem-nos um pouco sentir dentro de um gigante animal, ou quase na capela dos ossos.

IMG_2617

 

IMG_2624

DSC_0200

Antes de deixarmos Gruyères  ainda nos sentámos na praça principal para um fondue, tinha de ser.

IMG_2636

Tanto o Viking como eu adoramos queijo, mas até para nós este prato é demasiado pesado e gorduroso. E olhem que sou eu a dizer-vos isto, imaginem! Para o Viking foi um bocadinho pior porque como ia guiar acompanhou esta piscina de queijo como coca-cola.

IMG_2641

 

Com uma overdose de queijo e a ouvir as artérias a entupir, lá cambaleamos montanha abaixo e rumámos a caminho do nosso próximo destino: Lausanne

 

No próximo capítulo:

Os alpes

Finalmente o meu mano chega a Chamonix.

5 thoughts on “Finalmente Giger – as nossas férias parte II

  1. Que imagens lindas Ana e que descrição fabulosa. Até fiquei com vontade de visitar esse lugar perdido na montanha!!
    Gostei da “piscina de queijo”, lol!!
    Um beijinho e bom fim de semana,
    Lia

    Gostar

  2. Deve ser um sítio tão giro de visitar 😀 Adorei o ‘estar dentro do animal gigante’ 😛 Pena que o queijo não tenha sido do melhor, os fondues são tão adoráveis! Nunca comi de nenhum 😀

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s