comida sueca · Peixe

Fusão sem confusão, e um risoto para dois

Admito que nao sou admiradora da chamada cozinha de fusão. Um risoto é um risoto, sushi é sushi.

Antes desta receita sem alguém me dissesse que podíamos terminar um delicioso risoto com um pouco de creme fraiche em vez de manteiga, teria tido a mesma reação de quando vi o meu antigo HC a  usar natas para o mesmo efeito: Blasfémia!

DSC_0659

Imagino que em vossas casas estão também a pensar, que eu endoideci e que para a semana há aqui no blogue uma receita de pizza de ovos moles, mas acreditem em mim, este risoto é fantástico e um pouco mais leve do que o tradicional. Subiu já para o top das refeições favoritas do viking, e se experimentarem será certamente uma das vossas também.

DSC_0654

Foi o nosso prato principal para o dia de S Valentim antecipado no domingo passado, e o viking perguntou se eu podia voltar a fazer esta receita caso estivesse livre dia 14.

Eu uso salmão fumado a quente, o sabor e textura deste tipo de cura é muito diferente do salmão fumado a frio, e se conseguirem encontrar o primeiro, aconselho-vos vivamente a que experimentem.

Decorei o prato com “caviar vegetariano”, mas outra excelente alternativa é caviar de salmão.

 

 

Risoto de salmão com creme fraiche

 

Ingredientes (duas pessoas)

1 cebolinha picada

1 ramo de endro

1 colher de sopa de óleo

1,5 dl de arroz para risoto (usamos carnaroli)

0,5 dl de vermute seco

caldo de legumes, ou marisco qb

sal e pimenta

2 colheres de sopa de queijo parmesão

2 colheres de sopa de creme fraiche

salmão fumado a quente

caviar vegetariano

 

Preparação:

Fritem levemente a cebolo no óleo sem deixar ganhar cor.

Juntem o arroz, fritem e acrescentem o vermute. Deixem o álcool evaporar.

Aos poucos vão juntando o caldo quente, mexendo de vez em quando. Temperem com sal e pimenta.

Quando o risoto estiver cozido ao vosso gosto, retirem do lume e acrescentem o queijo ralado e o creme fraiche.

Sirvam imediatamente decorado com salmão, endro e caviar.

5 thoughts on “Fusão sem confusão, e um risoto para dois

  1. Ana linda,
    Cá a mim a fusão não me incomoda, desde que faça sentido. Incomoda-me é o inventar sem se perceber o que se está a fazer.
    Olha, este teu risotto vai para a lista dos a fazer brevemente, pois está magnífico e nós cá em casa adoramos salmão, seja ele fresco, fumado ou fumado a quente.
    Um beijinho e obrigada por esta partilha deliciosa,
    Lia

    Gostar

  2. A mim, a fusão também não me incomoda e há tão boas fusões como esta que apresenta. Uma verdadeira delícia. Gosto de risotto, gosto de salmão por isso uma boa refeição para mim. Fiquei foi curiosa com o salmão fumado a quente pois não conheço.
    Obrigada pela excelente partilha.
    Beijinhos!!

    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    Gostar

  3. Pingback: A nossa Páscoa |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s