A minha vida na Suécia · Heston Blumenthal · Por aí

London Calling – Maio 2016 dias 5 e 6

E chegámos à última parte das nossas mini férias em Londres em Maio passado.O dia cinco começou com uma visita à Abadia de Westminster.Nós já tínhamos passado várias vezes pela abadia, mas a fila para entrar é sempre enorme, e com tantas coisas interessantes para se ver em Londres, voltar a este lugar nunca tinha sido uma prioridade.

Antes da visita fizemos o download  do guia áudio para evitarmos ter de usar os que podemos pedir emprestados já dentro da Abadia.

IMG_4051

É um monumento a estourar de turistas e embora tenhamos chegado ainda antes da abertura, a fila era já grande.

IMG_4055

Mal se consegue ver alguma coisa porque há tanta tanta gente que em partes como o túmulo de Isabel I somos aconselhados a não parar de andar para evitar “engarrafamentos”.Dentro da abadia não se podem tirar fotografias, mas deixo-vos algumas imagens dos claustros, que são realmente bonitos e apesar de tudo muito calmos.

IMG_4059

Fomos depois a um dos locais obrigatórios em todas as vistas a Londres o Borough Market, que é como sabem um muito conhecido mercado de comida, onde para além de produtos frescos se podem comprar por exemplos as famosas tartes de porco, queijos, pão e uma imensidão de comes feitos artesanalmente. Há também muitos cafés e restaurantes, mas estão habitualmente cheio. (um post só sobre este mercado e uma receita feita com um produto que de lá trouxemos um dia destes)

A segunda parte da manhã  foi a repetição do que fazemos sempre, sempre que visitamos a cidade: de Borough caminhamos até à replica do navio de guerra de Francis Drake o  Golden Hinde, e vamos  junto ao rio, passando pelo  Globe,até à Tate Modern onde atravessamos o rio para a Catedral de S Paulo. (Desta vez não fomos à Tate modern, mas se não conhecem aconselho-vos uma visita a esta galeria.)

IMG_4064

Da millenium bridge podemos ver alguns dos mais conhecidos pontos da cidade, e  temos a sensação de que estamos no centro de Londres, com a torre de Londres e a tower bridge à direita, St Pauls do outro lado da ponte e ao longe o topo do Gherkin.

IMG_4066

IMG_4067

IMG_4068

IMG_4072

Como íamos sair essa noite, passámos pelo Waitrose que é o meu supermercado favorito, cheio de novidades e produtos da marca Heston Blumenthal, e fomos descansar para o hotel.

IMG_4073

Acordámos com o som de chuva, o que seria bom não fossemos  dai a uma hora sair para um concerto.

IMG_4077

O meu viking, já vos disse, adora os OMD. Eu descobri isto passados uns meses de vivermos juntos quando ele comprou certa vez um single que faltava na coleção por uma quantidade ridícula de dinheiro.Não brincamos aqui meus amigos, art wok dos OMD nas paredes do apartamento, discos emoldurados, canecas, t shirts, todos os álbuns em todos os formatos, todos os dvds…e…sim já fomos a Londres duas vezes, a Liverpool e a Berlim para os ver. (Ele vai para o concerto, eu vou em turismo e para os comes, juntamos o útil ao agradável)

IMG_4081

Eu achava que o meu rapaz não era normal, até ter conhecido em Liverpool fans que tinham vindo dos Estados Unidos e do Japão para os ver….

 

E foi com este bando de loucos que nos combinamos encontrar num pub antes do concerto, ao ar livre, à chuva.

IMG_4080Dai para o Royal Albert Hall. Eu admito que até estava entusiasmada com este concerto porque era dedicado apenas a dois álbuns, um deles o meu favorito.  – Dazzle Ships.

IMG_4082.JPG

IMG_4083
Já cá estamos! – Royal Albert Hall

Chegámos mais uma vez cedo, ele todo contente, eu a precisar de uma bebida. A melhor parte dos concertos dos OMD é ver o meu viking e os outros como ele todos aos saltos. Se me acompanham no instagram, fui desabafando convosco os acontecimentos desta noite, não preciso de vos torturar mais aqui.

IMG_4093

IMG_4100

IMG_4117

Se tiverem curiosidade, um video do concerto 🙂

Voltámos para o hotel com mais chuva e muito tarde para ainda comermos qualquer coisa no pub do lado.

O dia seguinte foi dia de regressar a casa. Levantámo-nos tarde, arrumámos as malas, tomamos o pequeno almoço, eu fui ainda fazer um último raid ao waitrose.

Chegámos bem, tínhamos os meninos à nossa espera, o melhor de viajar é regressar a casa.

O viking e eu agradecemos do fundo do coração, por nos terem acompanhado nestes posts e “em tempo real”, no instagram. Que bom que estiveram connosco 🙂

Leiam mais sobre esta viagem a Londres na Tag – Londres e na categoria Por ai.

5 thoughts on “London Calling – Maio 2016 dias 5 e 6

  1. Faz tanto anos que lá fui, era pequena…mas tenho algumas lembranças embora algumas perdidas no espaço! A minha vontade era fazer a mala e dar uma passeio, agora já crescida acompanhada do meu marido e do pequeno! 🙂

    Beijinhos

    Gostar

  2. Olá Ana,
    só fui uma vez a Londres e apesar de ter conseguido ir a locais que queria muito, ficaram muitos por descobrir. Tenho a certeza que na primeira oportunidade de regressar, vou ter como orientação do meu guia este teu «diário». Vai ser de grande ajuda. Para além da cozinha também te podes dedicar a guia de viagens 😉
    Deixei-te resposta no teu comentário.
    Abraço,
    Guida

    Gostar

  3. Adoro estes teus relatos como já te disse Ana e que bom esta tua viagem a Londres, pois estou a planear lá ir antes do final do ano e estas tuas dicas são preciosas.
    O Borough Market está nos planos há anos e o Waitrose????
    AMO tanto esse supermercado. A sério!!
    Se fosse rica, ou se tivesse 1 mais perto de mim, só fazia compras no Waitrose e online, lol!! O bom (nada) é que há em Glasgow e Edimburgo e só lá vou quando me desloco a uma das duas cidades…
    Para me contentar, agora, finalmente, abriu um pequeno M&S aqui na town…, não é a mesma coisa, mas também não é tão mau como ter só Sainsburys e Tesco…
    Beijinho linda,
    Lia

    Gostar

  4. É uma pena que a Abadia seja difícil de visitar apreciando tudo por completo. Acontece muito com os monumentos mais famosos, mas pode ser que algum dia já toda a gente os tenha visto e a confusão diminua, haha 😛
    Esse tipo de entusiasmo por uma banda pode proporcionar momentos (até viagens, neste caso :P) muito giros 😀 Não viste por lá os famosos quatro mil buracos? 😛

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s