A Pastelaria · bolos e sobremesas · Cremes, molhos, gelados e mousses · desafios receitas · gelados e mousses

A demanda da sorveteria e….Lia e Avelã, este é para vocês.

Em contagem decrescente para as minhas férias, e nem imaginam como estou necessitada de descanso, mas na Padaria continuam os vossos gelados.

DSC_0932-2

Como se lembrarão há uns meses a minha antiga sorveteria foi para o céu, e demorou algum tempo até ter comprado uma substituta.

 

O meu sonho, e penso o de todos os viciados em gelados, era comprar um pacojet. Esta é a melhor máquina de gelados do mundo, eu usei-a inúmeras vezes no Salt och Brygga e apaixonei-me. Mas  com um preço de 5 500 euros, (leram bem), soube desde sempre que este era um amor impossível.

DSC_0928-2Pensei portanto comprar quando a minha maquina morreu, uma sorveteria igual às que se usam nos restaurantes mas em tamanho amador. Vejam aqui essas máquinas.

São máquinas que não precisam de ir ao congelador e fazem gelados muito mais rapidamente. Encontrei dois modelos e depois de algumas semanas lá convenci o viking que comprar uma sorveteira um pouco a dar para o carote era um bom investimento.

“E temos lugar para mais uma máquina?” e eu “temos! São pequenitas” – mentira.

Assim que chegámos à loja, eu percebi imediatamente pela cara do viking que esta não ia ser uma compra fácil.

DSC_0933-2

E ele “Mas isto é enorme, tu nem podes com a máquina!” “e eu: “Que disparate…..” não era, as máquinas são para o pesado, mas nada que não se consiga levantar. (tirá-la e voltar a arrumá-la no armário ia ser outra história.)

Já tinha desistido deste tipo de sorveteiras quando vi por acaso uma que funcionava da mesma forma, mas era muito mais pequena, e honestamente ideal para nós.

Já procurei, mas a marca que eu comprei não se vende em Portugal, mas vejam aqui alguns modelos alternativos.

Fazer gelados com uma máquina que não precisa de ir ao congelador é um descanso, em especial para nós porque temos sempre pouco espaço.A minha máquina é silenciosa e faz gelados cremosos e tal e qual como os das tradicionais sorveteiras com uma cuba gelada.

DSC_0930-2

E foi com o meu novo brinquedo que fiz este gelado em especial para a Lia e para a Avelã.

Há imenso tempo que andava curiosa com estes sabores, e lembrar-se-âo,  que por pouco não os provei aquando da nossa ultima visita a Londres.

O viking e eu adoramos queijo azul, e estamos encantados com este gelado. Não sabe a um pedaço de roquefort congelado, é um gelado cremoso com um travinho de mel, e de vez em quando sentem-se as pequenas migalinhas salgadas de queijo.

Mas, se não  gostam de queijo, e em especial se não apreciam roquefort ou queijo azul dinamarquês, esta sugestão não é mesmo para vocês, nem arrisquem 😉

DSC_0931-2

Decorei o meu gelado com nozes picadas e um pouco de bolo de matcha que tinha de outro projecto, mas um pouco de mel, ou umas bolachas digestivas esmagadas devem ficar também uma delicia!

Eu usei roquefort, mas queijo azul dinamarquês ou gorgonzola são também boas alternativas.

 

Gelado de queijo azul, mel e nozes

Ingredientes:

  • 150 g de mel
  • 100 g de roquefort
  • 2,5 dl de leite
  • 2,5 dl de natas
  • 4 gemas
  • 50 g de nozes

Preparação:

Esfarelem o queijo azul e coloquem-no numa tigela.

Levem ao lume as natas, o leite e o mel até levantar fervura. Deitem um pouco deste preparado sobre as gemas, batam, acrescentem o resto da mistura e levem ao lume mexendo sempre até atingir a temperatura de 83°C.

Deitem este preparado sobre o queijo passando-o por um passador de rede fina para evitar algum pedacinho de ovo que possa ter coagulado. Levem ao frigorifico até estar completamente frio. Gelem de acordo com as instruções da vossa sorveteira ou usando o método que já vos indiquei. Quando o gelado estiver cremoso mas não demasiado duro, envolvam as nozes picadas, reservando algumas para decorar. Levem ao congelador até a altura de servir.

3 thoughts on “A demanda da sorveteria e….Lia e Avelã, este é para vocês.

  1. Nunca fui pessoa de paixões por máquinas de fazer gelado, mas com esta história conseguiste passar-me um bocadinho do entusiasmo! Trocando em miúdos, preciso de uma máquina de gelados JÁ 😛
    Ainda bem que tudo teve um final feliz e conseguiste encontrar a máquina perfeita 🙂 Fico contente por teres feito este sabor – curiosa também, claro! Nunca provei um gelado com um sabor tão rebuscado 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s