Uncategorized

Mousse da Rainha das neves – vegan e sem glúten – e uma tia de cabeça perdida

“Yeah….nós não fazemos isso….”Foi a resposta que dei ao HC num banquete que fizemos antes do ano novo do ano passado.

dsc_0355

Num esforço para ser simpático ele tinha-nos perguntado (a mim e ao Nicklas que detesta todo o tipo festas e celebrações) como tinha sido o nosso Natal e que presentes tínhamos recebido.

“Yeah…. nós não fazemos isso…”  repetiu ele a imitar o meu tom, e olhou para mim como se eu não fosse humana.

DSC_0358.jpg

Bem expliquei que não tínhamos filhos…que não ligávamos a presentes, que eu nem comia o fiambre de Natal… Mas para o tradicionalista e pai de filhos HC, o mal estava feito. É que já não bastava eu nao comer carne e detestar ovos e alho, ainda por cima não trocava presentes de Natal.

Lembrei-me disso hoje enquanto embrulhava duas sacadas de presentes. São quase todos para a mini da minha mana que nos vem visitar este ano pela primeira vez. Sou uma tia de cabeça perdida.

dsc_0364

Já me fui meter no toys’r’us, corri a cidade na busca de uma camisola de lantejoulas, interroguei empregadas de balcão sobre a chegada de um brinquedo que preciso muito de comprar, como se fosse um agente do FBI, comprei um mini uniforme de chef, livros de actividades, e o viking anda a esgotar as luzinhas de Natal para decorar a casa.

A verdade é que não temos muito contacto com crianças, penso até que nunca recebemos nenhum mini cá em casa, imaginem….

DSC_0360.jpg

A minha mana lá insiste com o obrigatório “não faças mais nada, ela não precisa de mais coisas, já chega…”, não adianta.

Eu mal posso esperar por ver umas mãozinhas pequenitas na cozinha comigo, e uma commis que quer ser chef como a tia.

Tenho andando a experimentar receitas fáceis e mais simples que agradem à mini, e a proposta de hoje é um desses testes que correu muito bem.

Embora tao simples é muito saborosa e faz uma sobremesa linda para quem tem algumas limitações alimentares.

dsc_0362

 

 

O resultado é um creme leve e branquinho, tal e qual como a neve da rainha, e apenas manchada por pequenos rubis de lingon e framboesas.

 

 

 

Mousse da Rainha das Neves:

Ingredientes:

  • 1 litro de leite de amêndoas
  • 3 colheres de sopa de mel (açúcar ou xarope de ácer para a versao vegan)
  • 3 colheres de sopa de maizena
  • 1 colher de sopa de óleo de coco

Para a cobertura

  • 100 g de framboesas congeladas
  • meio frasco de compota de lingon (encontram na loja sueca que vende movies)
  • 50 g de açúcar
  • amêndoas raladas ou coco para decorar.

Preparação:

Levem o leite de amêndoas ao lume, retirando um pouco no qual vão dissolver a maizena e o mel.

Quando o leite levantar fervura misturem o preparado de maizena e deixem cozinhar até engrossar mexendo sempre. Cozinhem durante mais três minutos.

Retirem do lume, transfiram para uma tigela e acrescentem o óleo de coco. Batam a mistura com uma batedeira elétrica ate obterem um creme leve e macio. Dividam a mousse por copinhos de servir.

Para a compota basta levar ao lume todos os ingredientes deixando cozinhar em lume baixo até obterem a consistência desejada.

Coloquem a compota sobre a mousse, decorem com neve feita de coco ralado ou amêndoas picadas e levem ao frio até servir.

5 thoughts on “Mousse da Rainha das neves – vegan e sem glúten – e uma tia de cabeça perdida

  1. Que mousse linda, só te digo, pena ser feita com leite de amendoas que eu n posso nem cheirar. Lembraste-me de quando a minha irmã teve a sua primeira filha, há quinze anos atrás. Eu estava numa doideira com a miuda, andava com ela para toda a parte, ia buscar á escola, levava para minha casa a passar o fim de semana, enchia de roupas e brinquedos e livros… enfim, parecia uma doida. Mas acho que comigo, a primeira criança na familia – se bem q a minha cunhada tinha tido o seu primeiro filho meses antes, mas como eu e o Hugo na altura eramos só namorados a ligação era diferente na altura, hoje em dia tenho uma paixão pelo meu sobrinho mais crescido que é de loucos, adoro o meu teenager lingrinhas!! – foi assim uma coisa de me deixar mesmo toda babada e melada… era como se a miúda fosse a minha boneca pessoal ahahahah! Acho q te vais divertir mm muito c a tua piquena, e cheira-me q vais ter um Natal daqueles mesmo em cheio – até com a falta de alcool e tudo ahahaahah!!
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    Gostar

  2. Olá Ana! Andava a magicar qual seria a loja que vendia essa compota … já descobri porque somos temos uma. Obrigada pela receita que vou fazer, pois além do excelente aspecto é fácil e pouco calórica. Desejo lhe umas Boas Festas que serão certamente muito especiais este ano. E continue a dar-nos mais receitas. Um beijinho (se permitir).

    Gostar

  3. Olá Ana. A mousse está mesmo a pedir que a experimente e quem sou eu para o não fazer? Também tenho sobrinhos ( netos) pequenitos que gostam de cozinhar e seguidamente comer o que cozinham. Cá em casa têm grande êxito pela facilidade e sabor os biscoitos “3, 2, 1”: três chávenas de farinha, duas de manteiga, uma de açúcar; uma colher de chá cheia de fermento, uma pitada de sal. Depois de amassar, divide-se a massa em três. Numa, misturam-se mirtilos secos; na outra, pepitas de chocolate; na terceira, pedacinhos de amêndoa ou mesmo nada ( para um dos doceiros que é um ranhoso de 6 anos que não gosta de frutos secos) Fazem-se bolinhas achatadas, forno sobre papel vegeta untado. Esta dose dá uma boa caixa de biscoitos, mesmo que uma boa porção seja logo lanchada, ainda quente.
    Um grande abraço, um bom Natal e um bom ano cheio de sucesso e saúde.
    Conceição

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s