Bomba de cassis e chocolate branco

Como vos prometi aqui fica outra sugestão, com menos elementos, para esta edição do nosso grande bake off.

dsc_0430

Parece, quer dizer sei, porque vocês me disseram, que a receita do entremet com matcha e citrinos, foi um pouco assustadora ou complicada, o que não é de todo verdade. Mas reconheço que tem vários elementos, e penso que as fotografias (que até estão bem bonitas, modéstia à parte), a fazem parecer inalcançável.

dsc_0437

Olhar para a fotografia de um bolo, ou para uma receita e pensar “nunca vou ser capaz”, não é uma sensação que desconheça.

dsc_0432

Há anos, antes de abrir a Padaria, antes de ser chef, participava num desafio mensal que se chamava Daring Bakers (ainda existe mas as receitas dos desafios raramente me interessam).

Todos os meses saia um desafio novo e uma receita. Eu imprimia tudo, o passo a passo, via as fotografias, lia as enormes receitas e pensava: “este mês não consigo”. Era a ideia de fazer uma coisa nova, de superar um desafio que me obrigava a fechar por vezes um dia inteiro na cozinha, e  aos poucos as receitas deixaram de me assustar. Depois de montar um croquembouche, de fazer massas folhas, Santo Honore, entremets, todos os tipos de mousses, cremes e merengues, pouco no mundo da doçaria me assusta. Mas tive de querer fazer, e aprender. E deixem-me dizer-vos que à exceção de algumas técnicas novas que o Tom me ensinou, tudo o que sei fazer aprendi sozinha com um livro de receitas e uma batedeira, na minha cozinha com um forno velhinho e os meninos a caminharem por cima da massa folhada que estava a estender.

dsc_0435

Para os  clientes da Padaria que querem experimentar a cobertura espelho, mas com uma receita mais simples, fiz estas pequenas sobremesas individuais, com elementos tao fáceis quanto possível. Podem  claro usar outros sabores para a compota, ou até usar um frasco de doce comprado!

Espero que gostem e experimentem, não se arrependerão..

dsc_0433

Bomba de cassis e chocolate branco

Elementos:

  • Mousse de chocolate branco
  • Compota de cassis (2 ingredientes) – podem comprar feita
  • Genoise (bolo pao-de ló)  – podem comprar feito
  • Cobertura espelho

Equipamento especial:

Qualquer tipo de forminhas de silicone ou até copos de plástico ou de iogurte.

Termómetro

Receitas: (para 4 porções)

Mousse de chocolate branco: – vejam este post meu com passo a passo.

Genoise  – receita aqui – usem um tabuleiro como forma.

Compota  – receita minha aqui, basta substituir as cerejas por cassis congeladas.

Cobertura espelho –  receita aqui – eu usei um pouco de corante violeta.

Preparação:

Comecem por escolher as vossas formas.

Façam o bolo e cortem porções do tamanho da base das vossas formas

Preparem a compota e deixem arrefecer

Preparem a mousse de chocolate. Encham com a mousse as vossas formas, façam um buraquinho no centro e encham-no com a compota. Fechem com mais mousse e a fatia de bolo. Levem a congelar.

Façam a cobertura espelho.

Desenformem as bombas e coloquem-nas equilibradas sobre copinhos ou usando uma grade.

Cubram com a cobertura espelho.

Limpem as bordas das bombas usando uma faquinha.

Coloquem cuidadosamente nos pratos de servir e decorem a gosto (eu usei cassis e crumble de pepparkakor)

Reservem no frigorífico até servir.

3 thoughts on “Bomba de cassis e chocolate branco

  1. Ai, esta além de ter um aspecto lindo, como a outra, tem u aspecto que me parece mais apetitoso aos meus gostos, mas se calhar é só por causa dos cassis que são uma das minhas perdições, lol!! Bem, só posso dar-te os parabéns pela tua sede de conheceres e conseguires fazer em termos de pastelaria e doçaria – lembras-me um bocado o meu marido com o pão e a massa quebrada e a massa folhada, lol!! Eu que sou gaija de salgados, em termos de doçaria fico-me mesmo pelo básico, tipo houve uma altura em que quis muito provar o bolo impossivel, achas mesmo que fui eu que o fui fazer? Népias, mandei o marido para a cozinha, que ele gosta de ser desafiado aí mesmo. Eu não. Nesse aspecto, quando toca a doces e pastelaria que requeiram algum trabalho, algum investimento de tempo, algumas tentativas antes de se conseguir, eu nem tento. Sério. Nem é uma de ai e tal n vou sair da minha zona de conforto – pá meti-me a fazer formatação e paginação dos meus livros sem perceber um ai jesus do assunto, e se no primeiro ficou tudo uma valente nhéca, no segundo já está melhorzinho, e espero que no próximo seja ainda mais fácil! – muitas vezes é porque não tenho sequer os meios financeiros para investir nos ingredientes e fazer várias vezes até sair (aquilo que eu chamo de) digno de fotografia. Mais ainda se forem coisas que eu sei que o marido e o filho não vão comer – eu é raro tocar em doces. Mas lá está, adoro delirar e deliciar-me com imagens destes doces que eu acho divinais em termos de aspecto, são tipo os top models do mundo culinário, principlamente se as fotos tiverem um styling evocativo, bonito, que me faça sonhar e me leve a imaginação para longe. Voyeur, mesmo isso, sou voyeur – quer dizer, voyeuse que n tenciono mudar de sexo!! Manda lá um destes aqui para casa, vá!!
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    Gostar

  2. Querida Ana,
    Cá eu sou como tu. Não há receita que me intimide. Até pode sair uma valente porcaria no final, mas que tento, lá isso tento.
    Aliás, são essas receitas as que eu gosto, pois gosto de me desafiar e às minhas capacidades e se não tentar, nunca conhecerei os meus limites certo?
    A ver se este fim de semana faço o meu. Aliás, quero ver se o começo hoje…
    Beijinho e bom fim de semana linda,
    Lia

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s