bebidas · Por aí · Restaurantes

Berlim dia dois – Bauhaus, heróis e girafas

Como já terão notado, estamos já em Outubro e eu ainda não publiquei todos os posts relativos aos dias que passámos em Berlim há alguns meses. A verdade é que perdemos grande parte das nossas imagens, e nem support da Apple nos valeu.  O dia dois na cidade dos anjos começou com uma visita e  o segundo café do dia no centro comercial Bikini, muito perto do nosso hotel, com vista para o parque zoológico e do outro lado da rua de um dos meus lugares favoritos em Berlim- a igreja memorial de Kaiser Wilhelm.

IMG_2705.jpg

Esta igreja construida no fim do sec XIX em estilo neo romântico, foi grandemente  destruída durante os raids aéreos de 1943, e por ter sido motivo de grande orgulho nacionalista manteve-se em ruínas depois do fim da segunda guerra mundial. O edificio que não esconde nem no seu exterior ou interiormente as marcas da sua destruição é hoje um memorial contra a guerra e destruição e um símbolo de reconciliação.

IMG_2701.jpg

 

IMG_2722.jpg

Ao lado deste edificio foi construída um igreja moderna em forma de favo de mel, cinzenta e pesada por fora, revestida a vitrais azuis e com um enorme Jesus dourado no altar. Embora não sejamos religiosos o viking e eu adoramos visitar igrejas e esta, nos antípodas das catedrais góticas, é pequena e intimista, quase nos convidando a um momento de introspecção e silêncio.

IMG_2711.jpg

IMG_2712.jpg

O dia seguiu com a visita ao monumento  que relembra a oposição alemã ao regime nazi e honra os homens que morreram na tentativa de derrubar Hitler. Há um centro que documenta estes acontecimentos e que podem também visitar.

IMG_2734.jpg

IMG_2738.jpg

O arquivo da bauhaus, onde não se podem tirar fotografias, é outro ponto obrigatório em Berlim. Aqui podem ver documentada a história desta escola/movimento. Há filmes, muitas imagens, mobiliário e arquitectura. Se não se interessam por este tipo de estética vão aborrecer-se um pouco imagino…. Há também um cafezinho e  a loja do museu que não é especialista em objectos da escola, há um pouco de tudo, de candeeiros a esponjas de cozinha, é pena.

IMG_2730.JPG

 

 

A caminho já do almoço passámos ainda pela grandiosa Potsdamer platz.  Não passo por aqui sem me lembrar das imagens deste local como o vi pela primeira vez através dos olhos de Wim Wenders.

IMG_2776.jpg

 

IMG_6114.jpg
Olhem o meu viking a turistar 🙂

 

IMG_6122.jpg
Todo zen já a pensar no almocinho no Chen che

 

IMG_2814.JPG
O próximo post será dedicado apenas a esta refeicao de sonho

Depois do almoço continuou o passeio e as compras. Fomos ao Absinth depot beber e comprar algumas garrafas de absinto e se apreciam esta bebida recomendo este lugar. Não há fotografias, só tem uma mesinha, o dono é um pouco rezingão, mas a variedade de absinto que aqui encontram é fantástica!IMG_2828.jpg

Pertinho da catedral fica o DDR Museum.

IMG_6152.jpg

 

Eu tinha imensas fotografias deste museu onde podemos em segurança e de forma muito interactiva, testemunhar o dia a dia na antiga DDR. Há até um apartamento que podemos visitar, abrir o frigorifico na cozinha, nas gavetas há talheres e colheres de pau, no armário podemos escolher que receitas típicas desta época queremos imprimir e trazer para casa.

Há um pouco de tudo, politica, desporto, serviços secretos, empregos, como funcionava uma cabeleireira, como se ia à escola. Há gavetas e portas que podemos abrir, sofás onde nos podemos sentar a ver televisão!

vejam este filme do museu para  verem mais sobre este local do que as duas únicas fotografias que nos restaram mostram… 😉

IMG_6160.jpg

IMG_6168.jpg

Ainda fomos fazer umas compras ao paraíso que é a  Dussmann! Até comprei um livro só de receitas vegan dedicadas a Nick Cave e do qual vos falarei mais quando voltarmos aqui na Padaria às receitas.

Screen Shot 2017-10-21 at 15.46.14.png

Nao longe deste sitio perigoso para quem gosta de livros fica o Check point Charlie. Não é o local mais interessante de Berlim, e torço um pouco o nariz à fama turística que este lugar com significado histórico ganhou, mas estes canos cor de rosa que salpicam a cidade de cor  deliciam-me.

Screen Shot 2017-10-21 at 15.46.38.png

E terminámos o dia com mais cerveja na cervejaria Escehnbräu. O local não é fácil de encontrar, vejam o nosso my maps aqui, mas tem as suas próprias cervejas que variam sazonalmente, um beer garden  e estava a abarrotar de locais. A oferta de comida é muito reduzida, mas podemos levar a nossa própria comida, o que estava a fazer o enorme grupo sentado ao nosso lado com a mesa cheia de caixas de plástico. Aqui vamos voltar certamente.

IMG_2862.jpg

Sigam as nossas aventuras por Berlim  nas tags:

POR AI

E sobre esta viagem já partilhei convosco os posts:

Berlim Maio 2017 – o nosso guia

Coisas de Anjos e chegar aos quarenta e cinco – Berlim Maio 2017 – 1 Siegessäule

Berlim 2017 – dia 1 – palácios, Akhenaten e sobremesas

Jantar no Coda – só sobremesas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s