Por aí

As nossas férias – Parte 4 – Morte no lago e chegada a Fussen

Se não estão a seguir o relato das nossas férias, espreitem os posts anteriores

Há muitos anos, folheava eu um livro, outro do Readers Digest, quando me deparei com a imagem de um palácio  que embora real parecia saído de um conto de fadas. A minha mãe  notou-me de tal forma absorta na fotografia que enquanto passava a ferro me informou casualmente: “Foi um rei louco que mandou construir  esse palácio, esse e outros como castelos de contos de fadas.” E ao lado da imagem de Neuschwanstein, lá estava uma fotografia pequenita e meio desfocada de Ludwig II.

IMG_4567

Continue reading “As nossas férias – Parte 4 – Morte no lago e chegada a Fussen”

Por aí

As nossas férias 2016 Parte 1: de Malmö a Dresden e como planeamos as road trips.

Em Janeiro, com neve e frio, e passadas as semanas de festas e Natal, começo, para me tentar animar, relembrar as nossas últimas férias e a sonhar com as próximas.

img_4471

Continue reading “As nossas férias 2016 Parte 1: de Malmö a Dresden e como planeamos as road trips.”

Por aí

Quase há um ano – o final do TDS e a nossa noite nos Alpes

Este é um post que me tem custado escrever e é agora a menos de duas semanas de mais uma prova que finalmente me forcei a sentar e registar como correu a segunda parte do TDS do ano passado.12002807_981636211894119_7150049840409690360_n.jpg

Continue reading “Quase há um ano – o final do TDS e a nossa noite nos Alpes”

Por aí

As nossas férias IV – Chamonix – frio, neve e o abismo

Leiam as anteriores partes da nossa aventura deste verão:

Parte I

Parte II

Parte III

Acho que nunca publiquei um post com tantas fotografias!

Acordámos quarta-feira, no quinto dia da nossa viagem, já em Chamonix. Como o meu mano vinha dormir connosco na noite antes da prova, tínhamos-lhe marcado um quarto ao lado do nosso, e escolhemos um hotel com piscina e  sauna para ele poder relaxar.

O nosso hotel.- fotografias do site.
O nosso hotel.- fotografias do site.

0411_ho_03_p_1024x768

 

0411_sp_00_p_1024x768

 

Para este dia tínhamos escolhido subir à Aiguille du Midi, e o Step into the Void.

IMG_2662

IMG_2671

IMG_2673

 A Aiguille du Midi é o pico que fica situado a 3842 metros de altitude no  massivo do Mont Blanc dos Alpes franceses, é o mais próximo que nos podemos aproximar do do pico do Mont Blanc se não formos alpinistas.

IMG_2674

IMG_2677

A subida é feita do centro de Chamonix em gondolas. È uma subida um pouco assustadora porque vamos literalmente pendurados por cabos a balançar no ar.

 

Para as crianças é especialmente difícil,  por isso não levem os vossos minis se lá forem.

IMG_7011.JPG

A vista depois da tormenta da subida é realmente do outro mundo, mesmo para mim que detesto neve.

IMG_7003.JPG

IMG_7007.JPG

 

 

Da Aiguille du Midi temos também acesso ao “Step into the Void”, com o qual o meu Viking estava a sonhar desde começamos a planear esta viagem.

IMG_7019.JPG

O“Step into the Void”  é um espaço com paredes e chão de vidro a uma altitude de 3842 metros. Por baixo do chão de vidro estão 1000 metros de abismo.

IMG_7018.JPG

IMG_7015.JPG

Eu admito que estava tão  gelada que talvez não tenha apreciado esta manhã  nos Alpes tao bem como se estivesse bem agasalhada. Valeu-nos a cafeteria onde ainda bebemos um café com leite antes da viagem de volta a Chamonix, onde estava  calor e imenso Sol.

IMG_7034.JPG

 

IMG_7059.JPG

IMG_7054.JPG

IMG_7037.JPG

Este era o dia antes da prova do Pedro e ele passou-o nos seus preparativos, nós depois de almoço e de um passeio por Chamonix fomos às compras ao Carrefour.

IMG_2684

IMG_7038.JPG
Chamonix – Agosto 2015 – 1 dia antes do TDS

 

Eu pronta para alimentar  o meu Viking e possivelmente o mano durante a sua prova comprei tudo desde chocolate para fazer chocolate quente, café, pão, fruta, nutella, doces, até sopas daqueles que se fazem na caneca.

Comprei até termos!

Fomos buscar o meu mano e regressámos ao  hotel para jantar e forçar o meu mano a descansar um pouco antes da prova.

Recolhemos aos quartos quase às dez da noite, o Pedro jantou frango com massa, sem molho, sem legumes, sem sobremesa. Eu para dar apoio moral comi apenas saladas. O viking comeu tudo a que tinha direito. Tinha de se alimentar porque ia passar as próximas trinta horas fechado comigo no carro Alpes acima Alpes abaixo.

IMG_2688
“Pedro, tens de descansar….despacha-te!”

No seu quarto o Pedro  fez connosco a sua mochila de apoio que nós íamos levar no carro, deu-nos os dorsais  de acompanhante, e preparou-se para o dia seguinte. (A preparação. desde colar a “tatuagem” com o percurso no braço, a fechar-se com a barbeadora na casa-de-banho e sair com menos pelos no corpo do que eu, a embrulhar-se numa fita adesiva, penso que para ajudar a suportar os músculos, demora horas e eu vou-vos poupar aos detalhes, e à carga de nervos que apanhei a ver o tempo que ele ia descansar a passar….)

IMG_2689

Eu voltei ao meu quarto à uma da manha, o Viking já a dormir.

O TDS a prova que o Pedro correu, começa cedo em Courmayeur em Itália e nós tentámos todos descansar tanto quanto possível, a grande aventura estava a aproximar-se.