London Calling Maio 2016 – dia 3

E chegámos ainda com um calor de derreter a sola das botas, ao  terceiro dia da nossa escapadela para Londres.

O dia começou em St Martins Courtyard como o pequeno almoço no Bills.

IMG_3979

Continuar a ler

Que a Força esteja convosco – a festejar o may the fourth

Sim o viking e eu somos uns nerds de primeira. E claro que aqui em casa se festeja o dia 4 de Maio, dia internacional do Star Wars, o May the fourth be with you.

DSC_0915

Há talvez um ano, vi um video que usava uma forma da Millennium falcon e nesse mesmo dia encomendámos a nossa pequena pequena nave de silicone.

Esta forma nao pode ir ao forno, e portanto serve apenas para fazer sobremesas geladas, ou em dias de emergencia e pouco tempo, como desta vez, um chocolate recheado com mousse de chocolate de uísque e amêndoas.

DSC_0916

A receita é muito simples, mas recomendo-vos que se puderem temperem o chocolate, ou usem “chocolate” sem manteiga de cacau que nao precisa de ser temperado.

Se fizerem esta nave e a servirem directamente do frigorifico, ou se nao estiver muito calor, não temperar o chocolate significa que ele vai perder a sua estrutura mais crocante e ficar um bocadinho para o pastoso, se estiver calor, vulgo, se viverem em Portugal, o chocolate não temperado amolece à temperatura ambiente.

DSC_0920

Eu tenho prometido a mim mesma que hei-de publicar um post sobre como temperar chocolate em casa sem tábua de mármore, vamos ver para quando será….

Millenium Falcon para o meu viking

Ingredientes:

500 g de chocolate branco (300g +200g)

1 receita de mousse de chocolate de Herve this – metade da quantidade de água substituída por uísque)

amêndoas picadas grosseiramente ou outros frutos secos

Preparacao:

Temperem 300 g de chocolate e cubram com ele o fundo e lados da nave. Batam com a nave na bancada para evitar bolhas e ter a certeza de que o chocolate chega a todos os lados da forma.

deixem solidificar. (podem levar ao frigorifico, especialmente se o chocolate não estiver temperado)

Recheiem a forma com a mousse. Levem ao congelador enquanto temperam os restante 200 g de chocolate.

Arrefeçam o chocolate e cubram com ele o topo da nave tapando bem a mousse.

Deixem solidificar.

Pintem a nave com corante alimentar ou apenas como eu fiz, com uma mistura de pó alimentar prateado dissolvido num pouco de uísque.

May the force be with you!!

Convidei para jantar – Ridley Scott

… if only you could see what I’ve seen with your eyes!

A quarta-edição do Convidei para jantar está até dia 16 a decorrer em casa da Pami que nos desafiou a partilhar a nossa mesa com um realizador de cinema. Por favor respeitem o pedido da Pami e não usem carne nas vossas receitas.

A escolha aqui  foi difícil, a verdade é que somos um casal de movie nerds com uma enorme colecção de filmes em casa e nunca perdemos a estreia da mais recente obra dos nossos realizadores favoritos, os bilhetes para o Dark Shadows já  estão comprados.

Para jantar convidámos o realizador de dois dos nosso filmes favoritos: Alien e Blade Runner. A chegar está também Prometheus, será  Noomi Rapace depois a nova Ripley?…

Nestes filmes a  atmosfera  escura e claustrofóbica contrasta com momento de luz e imensa beleza: A fuga desesperada de Zhora, as palavras finais de Roy. I’ve seen things you people wouldn’t believe. Attack ships on fire off the shoulder of Orion. I’ve watched C-beams glitter in the dark near the Tannhauser Gate. All those moments will be lost in time, like tears in rain. Time to die.

Ripley  no cryotube,  uma Branca de Neve perdida no espaço, nos seus sonhos monstros que Giger ajudou a criar… Final report of the commercial starship Nostromo, third officer reporting. I should reach the frontier in about six weeks. With a little luck, the network will pick me up. This is Ripley, last survivor of the Nostromo, signing off.

Para o jantar preparámos Couscous de Couve-flor com Pesto de Hortelã e Nozes. Esta refeição vegan não só é deliciosa e rápida de preparar, como muito saudável e equilibrada.

Ingredientes: (nas quantidades que desejarem)

  • Couve-flor
  • Nozes
  • Azeite
  • Sal e pimenta
  • Folhas frescas de hortelã ( manjericão também é uma boa alternativa)

Preparação:

Cortem a couve-flor em pedacinhos tão pequenos quanto possível. Levem-na ao lume numa frigideira com o mínimo de água para que coza levemente sem se desfazer. Escorram o excesso de água, temperem com sal e pimenta e reservem.

Num almofariz ou processador de alimentos, misturem a hortelã com as nozes e azeite de modo a criar um  molho, temperem a gosto.

Antes de servir misturem a couve-flor com o pesto, decorem com mais nozes e umas folhinhas de hortelã. Para uma versão não vegan, acompanhem com um pouco de queijo parmesão ralado.