Tarte de ruibarbo com trabalhos manuais

Nunca fui grande habilidosa. Nas aulas de trabalhos manuais e/ou oficionais, as minhas desobras de arte eram sempre as piores e vezes sem conta dei com os professores a olharem para as minhas criações com a cabeça meio de lado, como se a procurarem palavras menos más para me dizer: “isto está uma caca de primeira”.

DSC_1077

Continuar a ler

Frangipane tropical sem glúten ou lactose

Esta foi a semana do frangipane. Segunda-feira fiz mini tartes de frangipane no restaurante, que entretanto cairam todas no chao. Ontem preparei de novo esta tarte mas com morangos, já a pensar no lanche de segunda-feira no Kramer. (Os directores da Suécia,e da região estão de visita ao hotel.)

DSC_0719

Hoje, tentei uma nova versão, tropical e sem glúten ou lactose. Usei farinha de coco na massa e coco ralado em vez de farinha de amendoa no recheio e estou francamente encantada com os resultados. Uma massa muito mais leve mas igualmente saborosa.

DSC_0724

Esta receita nao tem lactose ou glúten mas não é vegan!

DSC_0728

Podem claro substituir o ananás por outros frutos e fazer com esta base um frangipane mais tradicional com frutos vermelhos como podem encontrar aqui.

Frangipane tropical sem glúten ou lactose

Massa:

125 g de farinha de coco

25 g de icing sugar

25 g de farinha maizena ou custard

75 g de gordura de coco

1 gema

1 colher de sopa de água

Recheio:

125 g de icing sugar

125 g de coco ralado

125 g de gordura de coco

2 gemas

1 colher de sopa de rum escuro

raspa de lima

1 ananás

Preparacao:

Massa:

Misturem todos os ingredientes num processador de alimentos até estarem bem ligados, acrescentem um colher de água se acharem a amassa muito seca. Embrulhem em película a gerente e guardem no frigorífico.

Para o recheio:

Misturem também  no processador de alimentos (nem precisam de o lavar depois de prepararem a massa) o coco ralado, e a gordura de coco, juntem as gemas e os restantes ingredientes.

Aqueçam o forno a 175C.

Forrem um forma de tarte pequena com a massa e cubram com o recheio e o ananás às fatias. Levem ao forno durante 35 minutos, ou até a base  estar cozida.

 

A escrita em dia e um doce para o fim-de-semana

Quase, quase com o fim-de-semana a chegar, queria aproveitar para vos deixar algumas mensagens. Estes posts são um bocadinho aborrecidos, mas  não sei que outra forma posso usar para comunicar convosco… E para irem comendo enquanto lêem, aqui fica também a sugestão de uns mini bolinhos que espero vos agradem.

  • Antes de mais os meus agradecimentos pela vossa participação e comentários. Obrigada por ontem terem tomado o vosso tempo para partilhar comigo e com os outros leitores da Padaria, as vossas experiências e ideias em relação ao tema da marmita, vou ainda hoje tentar responder aos vossos comentários. Outros blogues focam já este tema com ideias e sugestões de almoços  que podem ser levados para o trabalho, eu vou criar aqui uma categoria com o tema “marmita”, e tentar publicar mais receitas e ideias sobre este tópico.
  • No outro dia vi que alguns comentários de leitores tinham ido parar à caixa do spam,  se me deixaram um comentário que nunca foi publicado, e ao qual eu não respondi, as minhas maiores desculpas. Terei de estar mais atenta ao que o wordpress considera spam.
  • Se também têm um blogue,  deixem-me por favor a vossa morada no formulário dos comentários. De outra forma não sei como vos posso também visitar e conhecer as vossas casas.
  • Não se esqueçam que a segunda edição do Convidei para jantar, está a decorrer em casa da Suzana! Aproveitem para começar o mês com um convidado especial à vossa mesa. (Eu cubro a cara de vergonha porque já escolhi os convidados, mas ainda não me consegui decidir em relação às receitas.)
  • Criei uma página (por baixo do cabeçalho), dedicada aos clientes. Se experimentaram um receita da Padaria, com ou sem sucesso, e gostarem de a partilhar com ou outros leitores, podem fazê-lo aqui. Se têm blogue, basta que façam um comentário com o link para o vosso post, indicando se querem ou não que eu publique uma fotografia vossa. Se não têm blogue, como a Andrea, que me sugeriu a criação deste espaço, enviem as vossas fotografias por e-mail. Tomo a liberdade de marcar as imagens com os nomes dos autores.

E sem mais demora porque o sábado se aproxima e precisamos de um docinho para o fim-de-semana, aqui fica a receita destes mini bolinhos de amêndoa e pêra.

Usei uma receita para o recheio de tarte frangipane, mas substitui a manteiga por queijo cottage, em termos de textura e sabor, acho que até melhorou um pouco. Nota-se o sabor a queijo, e no que diz respeito a gordura e calorias,  é muitíssimo mais simpático.  Em vez de ramekins, podem usar uma forma grande e claro que a escolha da fruta fica ao vosso critério. Podem servir os bolinhos tal como estão nas fotografias, ou virados ao contrário estilo up side down cake.

Ingredientes: (4 ramekins)

  • 150 gramas de queijo cottage ou requeijão
  • 120 gramas de açúcar
  • 3 ovos
  • 225 gramas de amêndoas picadas
  • 1 pêra grande descascada e cortada em pedacinhos
  • 1 colher de café de canela
  • Manteiga para untar e farinha ou açúcar para polvilhar os ramekins

Preparação:

Aqueçam o forno a 180ºC.

Untem e polvilhem os ramekins. Cubram o fundo das forminhas com a pêra.

(Se estão a usar cottage cheese, escorram-no bem antes de o misturar com os outros ingredientes.)

Batam os ovos com o açúcar e a canela. Acrescentem o cottage cheese/requeijão batido, e por fim as amêndoas.

Deitem o preparado nos ramekins e levem ao forno até que estejam firmes e douradinhos. (Com o tamanho dos meus ramekins demora 25 minutos, para ter a certeza de que estão prontos, não se esqueçam do teste do palito.)