Receitas perdidas, grandes listas e mais Heston

Sou como já vos disse, viciada em fazer listas. Faço listas para tudo, de uma ida ao supermercado, às tarefas domésticas, livros para ler, planos para o fim de semana, itens dentro da mala quando viajamos, e receitas para publicar na Padaria.

dsc_0036

 

Continuar a ler

Ganache de chocolate no forno – uma sobremesa que vai impressionar!

Há uma semana que voltei ao Kramer. Há uma semana que passo todos os serões com o meu viking, ele já começou a ficar nervoso.  Habituado a estar em casa sozinho, desenvolveu os seus próprios hábitos. Vê series das quais eu não gosto, bebe bules de chá, ouve música, um ano e meio de ser adolescente com os pais de fim de semana, e eis que volto eu.

DSC_0687

Deitamo-nos cedo, penso que ainda estarão vocês a jantar, já estamos nós a ler um bocadinho antes de adormecer.

 

Mas tomara, eu levanto-me às quatro da manha!!! Às cinco e meia já estou no serviço de pequeno almoço. Para quem não  toma o pequeno almoço, e detesta ovos, este turno não é fácil, não….

DSC_0679

A sobremesa de hoje tem por base uma receita do Tom o nosso antigo Head chef de quem apesar de tudo temos saudades. Era um HC muito mais criativo, e apaixonado pela cozinha, o que fazia dele um excelente  chef e um péssimo HC.

Já vos mostrei esta sobremesa quando a fiz há umas semanas no Stortorget, e aqui fica a super fácil receita.

DSC_0691

 

Ganache de chocolate no forno com frutos silvestres e suspiro

 

Os elementos da sobremesa são:

– ganache de chocolate no forno (Tom)

– compota de frutos silvestres

– suspiro seco

-chantilly

 

IMG_3600

Uma das minhas últimas noites no Stortorget

 

Ingredientes:

Para o ganache:

200 g de chocolate amargo picado

1 dl de queijo creme

1, 5 dl de natas

1 ovo

 

Preparação:

Aqueçam o forno a 95°C. Forrem um forma de bolo inglês com papel vegetal, barrem com manteiga, reserve.

Derretam o chocolate e as natas em banho Maria ou no micro-ondas com muito cuidado para não queimar. Misturem o ovo e o queijo creme. Deitem o preparado no forno e cozam-no durante 30 minutos. Reservem imediatamente no frigorifico até servir.

 

Para o suspiro:

2 claras de ovo

120 g de açúcar

 

Preparação:

Aqueçam o forno a 100°C. Batam as claras até terem picos leves, acrescentem o açúcar aos poucos até obterem a consistência de um merengue. Espalhem o preparado num tapete de silicone e levem ao forno até secar por completo. (Talvez cerca de uma hora.)

 

Para a compota basta misturarem frutos silvestres congelados, ou outros frutos, com um pouco de açúcar e levarem  o preparado ao lume para reduzir.

 

Vão precisar também de natas batidas em chantilly, eu não uso açúcar.

DSC_0692

Um brinquedo novo 😉

 

Para servir espalhem um pouco de chantilly no prato, por cima coloquem uma fatia do ganache, frutos e decorem com os merengues.

 

Convidei para lanchar Julia Child

A segunda edição do Convidei para jantar está a decorrer este mês em casa da Suzana que nos desafiou a convidar um chef ou cozinheiro para se sentar connosco à mesa. Para pessoas viciadas em gastronomia como eu, não deve haver tema mais difícil. Há tantos cozinheiros que nos influenciaram, livros sem os quais não passamos, programas de televisão que vemos sem nos cansar, receita repetidas vezes sem conta e que nunca nos falham. Se vos disser que oiço a voz dos chefs que escolhi para este desafio quando estou na cozinha, achar-me-ão  tonta?

A minha convidada de hoje é Julia Child, ouvi pela primeira vez o seu nome há uns anos no programa de Martha Stewart. Depois vieram as receitas, os livros, os seus programas de culinária, e até um filme. Aqui na Padaria a minha convidada tem sido uma enorme influência, especialmente na forma como escrevo e me dirijo aos meus leitores.

Fascina-me a sua simplicidade, os programas do French Chef onde nos ensina em detalhe como se prepara uma receita. Quão diferentes são estes programas dos que temos hoje em dia! Celebrity chefs que mal sabem cozinhar, ares sedutores, penteados e maquilhagem imaculados, programas editados ao segundo, onde tudo  nos parece perfeito.

Não a convidei para jantar, mas sim para uma festa, uma festa com café e champanhe em honra da Rainha de Sabá e do seu bolo. Escolhi o Queen of Sheba cake, um bolo de chocolate e amêndoas, o favorito de Julia Child. Confessou-me que tal como eu adora estar na cozinha a conversar com amigos enquanto prepara os seus pratos, e que não queria perder a oportunidade de o fazer comigo. Chegou cedo a minha casa, abraça-me sempre sorridente,  pede-me um avental e pergunta-me os que vamos preparar. Oh! Let´s go to the  kitchen and  we´re going to make the best chocolate cake you´ll ever put in your mouth.

Sigo-lhe os passos e o entusiasmo, mas noto em segundos que a mim me vai restar o papel de aluna, no máximo ajudante. Enquanto conversamos organiza os ingredientes, peneira a farinha, eu preparo a forma. Fala-me da sua vida em Paris, do enorme apartamento onde viveu, maravilhoso e absolutamente gelado durante o Inverno, da sua gata, dos passeios  e das compras, da Le Cordon Bleu. Interrompe a conversa para me chamar a atenção para um pedacinho da forma que não está bem barrado. Desculpo-me por ter falhado a mais simples das tarefas. Não te desculpes, nunca nos devemos desculpar pelas nossas falhas na cozinha, é como estarmos já a avisar os convidados que a nossa comida não lhes vai saber bem! Se o bolo se desmanchar um pouco, colamos tudo com a cobertura de chocolate. Estamos sozinhas na cozinha, who is going to see?

Com o bolo no forno, pomos a mesa, fazemos o café, Julia prepara a fantástica cobertura de chocolate, eu escolho um prato bonito. Os minutos correm sem que demos por isso, o bolo chega à mesa, abrimos a garrafa de champanhe. Corta e observa o interior do bolo. Talvez menos um minuto ou dois no forno….mas está certamente uma delicia! Encho as chávenas de café enquanto ela serve o bolo. Sorrimos cúmplices, Bon appétit!

A receita que Julia indica neste programa é a mesma que preparámos em minha casa, mas tem algumas diferenças em relação à que publicou no seu livro Julia’s Kitchen Wisdom. A conversão para gramas foi feita por mim. Aqui entre nós, este é um dos, ou mesmo o melhor bolo de chocolate que já fiz, e não estou a exagerar. É tão bom que o viking me perguntou se tinha alguns ingredientes especiais. O bolo é pequeno, mas uma pequena fatia deixa-nos satisfeitos. Só desta vez, usem manteiga e façam a cobertura a preceito, vão ver que vale a pena.

Ingredientes: (para um bolo com 20 cm de diâmetro, 6cm de altura)

Bolo:

  • 115 gramas de manteiga
  • 115 gramas de chocolate semi amargo
  • 3 ovos
  • 80 gramas de farinha
  • 130 gramas de açúcar
  • 40 gramas de amêndoas picadas
  • 2 colheres do sopa de rum

Cobertura: Chocolate butter glaze

  • 115 gramas de chocolate semi amargo
  • 90 gramas de manteiga sem sal (eu uso com sal)
  • 2 colheres de sopa de rum
  • (se o chocolate for muito amargo podem precisar de um pouco de icing sugar)

Manteiga e farinha para a forma.

Preparação:

Aqueçam o forno a 175ºC. (Tabuleiro no centro do forno.)

Barrem a forma com manteiga e polvilhem-na com farinha.

Derretam o chocolate em banho-maria com o rum.

Batam a manteiga com o açúcar, juntem as gemas e chocolate.

Sem bater envolvam no preparado as amêndoas, a farinha e por fim as claras batidas em castelo.

Deitem a mistura na forma e cozam o bolo durante mais ou menos 25 minutos. O bolo deve estar ainda húmido no centro.

Deixem arrefecer durante 10 minutos antes de desenformar.

Para a cobertura, basta derreterem o chocolate com o rum em banho-maria, acrescentando depois a manteiga aos poucos. Guardem no frigorífico para solidificar um pouco antes de cobrirem o bolo.

Se desejarem decorem com amêndoas.

Bon appétit!