A Pastelaria · bolos e sobremesas · Cremes · Cremes, molhos, gelados e mousses · desafios receitas

O nosso grande bake off – Bolo espelho e genoise

E voltamos aos desafios do nosso grande bake off que nesta edição vos convida a fazerem um bolo espelho e um pão de ló base ao qual se chama genoise. Podem ver o episódio deste desafio do Great British bake off no Youtube, basta procurarem: Great British bake off s07e01.

dsc_0411-2
Continue reading “O nosso grande bake off – Bolo espelho e genoise”

A minha vida na Suécia · A Pastelaria · bolos e sobremesas · Cremes, molhos, gelados e mousses · gelados e mousses · Heston Blumenthal

A guerra das mousses de chocolate e a minha receita vencedora….no momento….

Como já vos contei há uns anos há na minha família uma guerra velada aberta para o prémio da melhor mousse de chocolate.

dsc_0004

Continue reading “A guerra das mousses de chocolate e a minha receita vencedora….no momento….”

Cremes, molhos, gelados e mousses · Uncategorized

Uma semana mais curta e uma receita batoteira

Começo esta semana, em que todos fazemos planos e nos preparamos para umas mini férias, com uma sugestão muito simples da qual já vos falei por alto aquando da celebração do aniversário da Mané. O curd batoteiro é cremoso e leve, amarelinho e quase fresco, ideal para saborear nestes dias de Sol e na contagem decrescente para a Páscoa.

Por ser tão simples e versátil, corro o risco de quase repetir uma receita que publiquei ainda o mês passado, mas penso que vale a pena dar a este curd um pouco mais de destaque.

Feito com muito menos gordura e com a ajuda de um pouco de farinha custard, este curd é para além de menos pesado, muitíssimo mais fácil de preparar do que o curd tradicional.  Para esta versão usei sumo de toranja e lima, mas podem utilizar sumo de qualquer citrino ou até de framboesas.

Para além de ser perfeito com Ris à la Malta, uma sobremesa diferente  e deliciosa que fará se  a quiserem experimentar sucesso na vossa mesa de Páscoa, podem  usá-lo para rechear bolos, acompanhar gelados ou scones. Um frasquinho deste curd com scones ou biscoitos  faz um excelente presente caseiro.

Ingredientes:

  • 2 ovos
  • 75 gramas de açúcar
  • Raspa de uma lima
  • Sumo de 1 toranja e 1 lima (2,5 dl no total)
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de farinha Maizena ou Custard

Preparação:

Numa tigela coloquem metade da raspa da lima. Por cima da tigela coloquem um passador de rede.

Num tachinho de confiança (aquele que sabemos que não pega), misturem o açúcar, a farinha,  um pouco do sumo de fruta, os ovos batidos e metade da raspa da lima. Misturem bem para evitar grumos, acrescentem o resto do sumo e levem a lume médio sem parar de mexer. Em minutos vão começar a sentir o preparado a engrossar, continuem a mexer sempre até conseguirem ver o fundo do tachinho. Retirem do lume,  acrescentem a manteiga batendo bem.

Passem o preparado pelo passador de rede. Para evitar que  se forme uma “pele” na superfície do curd, cubram-no com película aderente enquanto arrefece. (O plástico tem de estar em contacto com o curd.)

Coloquem em frascos e guardem no frigorífico.

bolos e sobremesas · comida sueca · Cremes, molhos, gelados e mousses

Um doce para a Mané – Apelsinris

Tal como no caso da Laranjinha, foi através do bolo que dá nome ao seu blogue, e da já famosa cerveja com chocolate que conheci a Mané. Até à data tínhamos trocado apenas algumas palavras, mas depois de ter deixado um comentário a perguntar onde se podia comprar a cerveja, recebi da Mané um e mail no qual ela gentilmente se oferecia para me enviar umas garrafas da bebida para a Suécia. Foi um gesto de simpatia  e carinho para com uma pessoa que mal conhecia, que nunca esqueci.Volvido quase um ano estamos já festejar o primeiro aniversário do Bolo da Tia Rosa, e para a festa a Mané pediu-nos que trouxéssemos um prato de arroz.

 

Sabendo o quanto a Mané gosta da Suécia, quis preparar um doce, bem sabes que para ti tinha de ser um doce, tradicional por aqui e que usasse arroz como o seu ingrediente principal.

Da receita de Ris à la Malta já vos falei durante Dezembro quando nos preparávamos para o Natal. Encontrei entretanto uma versão do doce chamada Apelsinris, e que é apenas a mesma receita mas com pedacinhos de laranja misturados. Embora a combinação de sabores me tivesse interessado, queria para esta festa criar uma sobremesa um pouco mais rica e festiva. E porque não substituir a laranja por curd aromatizado com gengibre e decorado com umas folhinhas frescas de funcho?

Eu tinha prometido a mim mesma que nunca mais vos voltaria a garantir o sucesso de uma receita, mas neste caso estou tentada!  Não só é facílima e rápida de preparar, como é uma das sobremesas mais deliciosas que já fiz. E isto não é hipérbole de food blogger, acreditem.

 Como já vos contei há uns tempos, o viking detesta qualquer sobremesa como arroz. Quando me apetece arroz doce por exemplo, faço uma receita mínima, dois ou três pratinhos que vou comendo ao ritmo da minha gula da altura.

Desta vez preparei as duas tacinhas que podem ver aqui, e enquanto tirava as fotografias antecipava já sentar-me na varanda ao Sol a deliciar-me com o seu conteúdo, o que nunca cheguei a ter oportunidade de fazer. Antes de atacar a primeira taça perguntei ao viking se ele queria provar, foi má ideia, e o primeiro Ris à la Malta de que ele gostou tanto que comeu com enorme gosto a taça dele e metade da minha.  Esta é sem dúvida uma receita que vou repetir brevemente.

A receita:

Para o Ris à la Malta

As quantidades dependem um pouco do vosso gosto, mais natas ou mais arroz, mais ou menos doce. Para estas duas tacinhas usei:

 Ingredientes:

  •  0,5 dl de arroz
  • Água
  • 1 pitada de sal
  • 1 dl de natas batidas com um pouco de icing sugar

Preparação:

Cozam o arroz em bastante água com sal. Escorram-no, passem-no no água fria e deixem secar a arrefecer bem. (Eu cozo o arroz durante 8 a 10 minutos em água a ferver.)

Quando estiver frio misturem com muito cuidado o chantilly e guardem no frio até servir.

O curd:

Ingredientes:

  • 2 ovos
  • 75 gramas de açúcar
  • Raspa de uma laranja
  • Sumo de 2 laranjas e 1 limão (2,5 dl no total)
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de farinha Maizena ou Custard
  • 1 pitada de gengibre em pó

Preparação:

Numa tigela coloquem metade da raspa da laranja. Por cima da tigela coloquem um passador de rede.

Num tachinho de confiança (aquele que sabemos que não pega), misturem o açúcar, o gengibre, a farinha,  um pouco do sumo de fruta, e metade da raspa da laranja. Misturem bem para evitar grumos, acrescentem o resto do sumo e levem a lume médio sem parar de mexer. Em minutos vão começar a sentir o preparado a engrossar, continuem a mexer sempre até conseguirem ver o fundo do tachinho. Retirem do lume,  acrescentem a manteiga batendo bem.

Passem o preparado pelo passador de rede. Para evitar que  se forme uma “pele” na superfície do curd, cubram-no com película aderente enquanto arrefece. (O plástico tem de estar em contacto com o curd.)

Depois de bem frio, coloquem-no em tacinhas alternando com o Ris à la Malta. Decorem e sirvam.

(Vai sobrar algum curd que podem guardar no frio e servir em torradas, com gelado, ou outras sobremesas.)