O mais minimalista de todos os pães

Esta já é a terceira versão do  pão sem amassar, tornado famoso pelo nosso minimalista favorito há uns anos, e que deve ser  a forma mais simples de fazer em nossas casa um pão delicioso e saudável, que publico na Padaria.O “truque” desta receita é usar pouco fermento e dar ao pão tempo para que fermente e desenvolva sabor, sem amassar, dobras, iscos, batedeiras ou sujar a cozinha.

A quantidade reduzida de fermento é muito importante se queremos um sabor semelhante ao nosso pão tradicional e não um pão que saiba ao fabricado industrialmente de forma rápida e a saber a falso. Para criar a maravilhosa e estaladiça crosta, o ideal é cozer o pão dentro de uma panela de ferro  ou de um pyrex pré-aquecidos. Já cozi o pão simplesmente numa forma de bolo  inglês, e embora não tenha ficado com um aspecto tão rústico e estaladiço, é igualmente bom.

Aqui podem ver o meu passo-a-passo da receita original.

Aqui está a versão cozida na forma de bolo inglês  

Alguns pontos importantes:

– Podem usar qualquer tipo de farinha,  mas o teor de proteínas/glúten das farinhas que escolherem  vai influenciar também a estrutura do miolo e o tipo de pão.

– O nível de hidratação da massa, ou quantidade de água que usamos,  altera também  pão, tempo de cozedura e tipo de miolo.

– O tempo de cozedura depende   muito dos nossos fornos e até do tipo de farinha que estamos a usar, por isso é possível que em relação às minhas indicações o vosso pão precise de mais ou menos tempo no forno.

– É muito importante que deixem o pão arrefecer e secar bem antes de o cortarem. Ao sair do forno o interior do pão tem ainda vapor, que tem de evaporar.  Se cortarem logo o pão não só amachucam o miolo como o pão vos vai parecer “molhado”.

Espero que com esta receita convença os mais temerosos a tentar fazer pãozinho caseiro,  e para não me dizerem que só vos dou pão com manteiga, hoje preparei-vos uma fatiazinha com Brie, doce de figos e canela, e nozes.

Ingredientes:

  • 450 gramas de farinha de trigo para pão (65)
  • 150 gramas de farinha de graham (se não encontrarem podem usar farinha  de trigo integral.)
  • 2 colheres de chá  de sal
  • 12 gramas de fermento de padeiro fresco / 1 colherzinha de chá de fermento de padeiro seco.
  • 5 dl de água
  • Farinha pra polvilhar

Preparação:

Na véspera à noite.

Diluam o fermento na água tépida. Numa tigela grande, misturem com uma colher de pau as farinhas, o sal e a água com o fermento. Não é preciso bater nem cansarem-se. Coloquem a tigela num saco plástico grande e esqueçam-se dela durante a noite.

No outro dia aqueçam o forno à temperatura mais alta com o pyrex ou a panela. (Se vão usar a forma de bolo inglês não é necessário aquecê-la.)

Salpiquem a massa com farinha e usando uma espátula, tentem afasta-la das paredes da tigela cobrindo-a muito levemente de farinha.

Com muito cuidado, retirem o recipiente do forno, deitem a massa, tampem-no e levem a cozer a 225ºC durante 30 minutos. Destapem e cozam durante mais 30 minutos.

Com a forma de bolo inglês o pão coze muito mais rapidamente. (habitualmente 35 minutos no total.   – temperatura de 200ºC a 225ºC dependendo dos vossos fornos.)

Assim que pão estiver pronto, façam o teste das pancadinhas, já sabem, deixem-no arrefecer bem fora da panela ou forma.

Pão sem amassar (no knead bread) – uma versão mais saudável – BBD #38

 

Pão sem amassar (no knead bread) é uma forma de se fazer pão com muito pouco fermento, e na qual é o tempo que a massa descansa, que a faz levedar lentamente, desenvolvendo os fermentos presentes nas farinhas e dando ao pão um sabor muito mais intenso e verdadeiro. Este foi o tema do Bread Baking Day, um grupo criado pela  Zorra e que decorre este mês no blogue da Cindystar A par do pão feito com sourdough, este é o meu tipo de pão favorito e há algum tempo publiquei aqui a receita original que vi pela primeira vez no Minimalista.Desta vez proponho-vos uma versão um pouco mais saudável, com mais fibras e proteínas,  desta receita. Cozi o pão numa forma de bolo inglês, depois de pronto o pão pode ser cortado às fatias e congelado, é o pão de forma ideal para começar o dia de forma saudável, saborosa e nutritiva.

 

Ingredientes:

  • 120 gramas de farinha de trigo integral
  • 120 gramas de farinha de centeio
  • 120 gramas de farinha de espelta
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • 5 dl  de água
  • 10 gramas de fermento de padeiro fresco (ou 1 colher de café rasa de fermento de padeiro seco)
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 3 colheres de sopa de sementes: girassol, abóbora, sésamo, linhaça…
  • Farinha de milho para polvilhar

 

Preparação:

Numa tigela grande dissolvam o fermento na água morna misturada com o azeite. Adicionem as farinhas, misturem tudo com uma colher de pau. Coloquem a tigela dentro do forno desligado e esqueçam-se dela durante doze horas. Passado este tempo retirem a tigela do forno.

Aqueçam o forno a 250 ºC.

Misturem metade das sementes na massa, e polvilhem-na com farinha de milho. (ajuda o pão a ficar mais douradinho.)

Passem  a massa para a forma, voltem a polvilhar ligeiramente com farinha de milho e as restantes sementes.

Coloquem a forma no forno e baixem a temperatura  para 200ºC.

Depois dos primeiros 10 minutos abram a porta do forno e borrifem as paredes, tabuleiro e pão com água. O vapor  ajuda a criar uma crosta estaladiça.

Cozam o pão durante mais 25 minutos, aproximadamente. Para evitar que este se desfaça um pouco, deixem-no arrefecer fora da forma antes de o cortar.

 

Sorbet minimalista de framboesas

Mais fácil, simples, delicioso e saudável não há. Mais uma receita  inspirada no Mestre Minimalista. Usei iogurte turco com 3% de gordura, porque torna o sorbet mais cremoso, mas podem usar o tipo de iogurte que acharem melhor. Indico a quantidade de mel que usei, de acordo com o meu gosto, mas fiz uma versão low carb para o viking sem mel nem açúcar e estava deliciosa.  Honestamente duvido que volte a comprar frozen yogurt,  experimentem!

Ingredientes:

  • 2 chávena de framboesas congeladas
  • 1 chávena de iogurte turco com 3% de gordura
  • 1 colher de chá de mel
  • Para decorar framboesas e iogurte

Preparação:

(não pestanejem ou perdem a receita)

Coloquem todos os ingredientes no processador de alimentos  e triturem até obterem um creme, não se entusiasmem triturando demasiado, ou vão acabar por fazer um smoothie.

Sirvam ou guardem no congelador depois de pronto. Notem que se usarem um iogurte  com baixo teor de gordura, o sorbet pode ficar demasiado rijo se voltar a ser congelado, por isso aconselho-vos que nesse caso o comam imediatamente, o que vai ser um prazer!